American Staffordshire Terrier: amoroso e brincalhão

Saiba mais sobre o American Staffordshire Terrier

O American Staffordshire Terrier, também chamado de amstaff, costuma ser bastante confundido com o Pitbull por conta do formato da cabeça, do porte físico e da mandíbula impressionante. Os cães das duas raças compartilham, também, a fama injusta de serem violentos. Além de muito companheiro, o American Staffordshire Terrier é dócil e bastante brincalhão. Saiba Mais
Tamanho

42 a 49 cm

Peso

16 a 25 Kg

Pelagem

Os pelos são curtos, duros, bem fechados e brilhantes. As cores podem ser as mais diversas, sendo bastante comum encontrar os cães com pelagem de cor preta, caramelo, fulvo, marrom, vermelho, branco e cinza.

Característica
  • Disposição para atividade

  • Respeito ao tutor

  • Intelecto e memória

  • Territorialismo

  • Amor ao tutor

  • Latido

  • Paciência com crianças

  • Receptividade com outros pets

Escolha produtos para seu pet

Clique na imagem abaixo para comprar

coleção

Origem do American Staffordshire Terrier

O American Staffordshire foi criado inicialmente para auxiliar açougueiros, tendo sua força e agilidade utilizada no combate e controle de touros para abate. Infelizmente, quando constataram a versatilidade do cão, ele passou rapidamente a ser usado nas chamadas rinhas, que eram bastante comuns nos séculos XVIII e XIX.

Os especialistas acreditam que o American Staffordshire Terrier seja fruto da combinação do bulldog com cães do tipo terrier, provavelmente o terrier inglês. A fama de violento e agressivo decorrente das antigas rinhas na verdade esconde um cachorro amoroso, dócil e muito inteligente, que pode ser até meio bobão com sua família humana.

Pelagem do American Staffordshire Terrier

A pelagem do American Staffordshire Terrier apresenta fios curtos, fechados, duros ao toque e muito brilhantes. É possível encontrar cachorros com todos os tipos de cor, sendo as mais comuns preto, branco, marrom, cinza, vermelho, fulvo e caramelo.

Cuidados com a pelagem

A pelagem do American Staffordshire Terrier requer apenas cuidados simples de higiene. Os banhos não precisam ser semanais - na verdade, não é necessário nem mesmo estabelecer uma rotina mínima de lavagens do corpo desse cachorro. O ideal é observar a higiene dele e avaliar se é chegada a hora de dar um bom banho, como depois de brincadeiras na lama, por exemplo.

A escovação dos pelos pode ser semanal, apenas para manter a pele livre de sujeiras e dos pelos mortos.

Como cuidar do American Staffordshire Terrier

O American Staffordshire Terrier é um cachorro cheio de energia que vive para acompanhar seus tutores em todo tipo de aventura. Se você procura um cão para correr na praia, dar uma volta no parque, ou fazer uma viagem em família, essa raça tem tudo para oferecer momentos incríveis de conexão com você.

Muito inteligente e com vontade de agradar, o American Staffordshire Terrier gosta de aprender e faz isso com bastante rapidez. É fundamental investir em estímulos físicos e intelectuais para deixá-lo sempre tranquilo e bem equilibrado, com os níveis de energia sob controle. Por ser um cachorro muito ativo, o tédio e o ócio são bastante prejudiciais à saúde desse cão.

Se você tem outros animais em casa e deseja incluir um American Staffordshire Terrier na família, é fundamental investir em sua socialização e adestramento o quanto antes, para evitar conflitos.

Vacinação anual

O American Staffordshire Terrier, assim como todos os outros cachorros, sejam eles de raça ou não, precisam seguir um protocolo de vacinação que os mantenha protegidos de várias doenças graves que acometem os cães.

De maneira geral, a vacina múltipla (V8) e a polivalente (V10) são ministradas anualmente aos cães adultos para protegê-los de doenças como a cinomose, a parvovirose e a leptospirose. Há, ainda, a vacina contra a raiva, que além de ser muito grave para o cachorro também pode ser transmitida para seres humanos.

Existem várias outras vacinas que podem proteger o American Staffordshire Terrier em suas diferentes fases da vida. A melhor maneira de garantir que esse protocolo de vacinação esteja em dia é levar o cãozinho para consultas de rotina com o médico veterinário. Assim, você ainda tem uma boa oportunidade de conversar e receber orientações e informações de qualidade de um profissional capacitado.

Vermífugos e antipulgas

O American Staffordshire Terrier é um cachorro cheio de energia, que precisa de atividades físicas constantes e regulares para se manter bem e saudável. Por isso, passeios em praças e parques, por exemplo, serão frequentes na rotina de um tutor de cães dessa raça.

A melhor maneira de manter doenças parasitárias bem longe do seu cão é adotar o uso de vermífugos e antipulgas de maneira preventiva e regular. Existem diversos tipos de medicamentos, que variam de acordo com o porte, o peso e a idade do animal. Para saber qual é o mais indicado para o seu American Staffordshire Terrier, converse com o médico veterinário.

Cuidados com os filhotes de American Staffordshire Terrier

Se você já teve experiências com filhotes de cachorro antes, mesmo que de outras raças, sabe que há uma série de preparativos necessários para receber um cãozinho da melhor maneira possível.

Antes da chegada do filhote de American Staffordshire Terrier, você precisa organizar sua casa de maneira a deixar um cantinho separado para ele dormir, comer e fazer suas necessidades, sendo que esse último deve ser o mais afastado possível dos outros dois. Também é recomendado que o cão tenha um espaço para ficar, mesmo que acordado, até entender quais são as regras da casa e o que você espera dele.

Para ajudar na adaptação do seu filhotinho, você vai precisar de:

  • casinha para a área externa, protegida do sol e da chuva;
  • caminha ou colchonete, para a área interna;
  • comedouro e bebedouro;
  • coleira, placa de identificação e guia para os passeios;
  • caixa de transporte;
  • tapete higiênico e produtos de limpeza adequados ao uso veterinário;
  • ração e petiscos;
  • escova para remover pelos mortos;
  • brinquedos.

A escolha da ração deve ser feita com base na idade e no peso do animal. As rações para filhote possuem nutrientes específicos para essa fase da vida, em que o cãozinho está se desenvolvendo e fortalecendo seus ossos e articulações. Na vida adulta, os nutrientes são outros, então é importante fazer essa transição de maneira adequada.

Com relação aos passeios, só se torna seguro sair com um filhotinho de American Staffordshire Terrier depois que ele tiver recebido as vacinas obrigatórias (V8 ou V10, além da antirrábica). São elas:

  • 60 dias de vida: 1ª dose da vacina V10 ou V8;
  • Entre 81 e 90 dias de vida: 2ª dose da V10 ou V8;
  • Entre 111 e 120 dias de vida: 3ª dose da V10 e a dose única da antirrábica.

As visitas ao veterinário nesse período devem ser feitas dentro da caixa de transporte. De maneira geral, os veterinários liberam os filhotes para passeios na rua 10 dias depois da última dose das vacinas, mas é importante confirmar essa orientação com o profissional escolhido para fazer o acompanhamento do filhote.

Como alimentar um filhote de American Staffordshire Terrier

Os filhotes de cachorro são desmamados entre 6 e 8 semanas de vida iniciando logo depois uma alimentação baseada em ração, seja ela seca ou úmida. Seja qual for a sua escolha para alimentação do seu pequeno American Staffordshire Terrier, recomendamos que faça isso optando pelas marcas e fabricantes que oferecem alimentos específicos para as necessidades da raça ou, ainda, que tenham ração específica para filhotes.

A quantidade indicada na embalagem é uma boa referência para você saber quanta comida o filhote vai ingerir por dia. Pegue a quantidade total e distribua em 4 ou 5 refeições - assim, você garante que eles consigam repor as energias e previne as temidas crises de hipoglicemia, que acontecem quando há desequilíbrio no nível de glicose do sangue e podem até matar o filhote que fica tempo demais sem comer.

Você também pode oferecer petiscos ao seu filhotinho, desde que sem exageros. Evite dar alimentos de consumo humano para o cachorro e mantenha água limpa e fresca sempre à disposição.

Qual a melhor ração para American Staffordshire Terrier

Como dissemos anteriormente, é importante oferecer alimentos de qualidade e adequados à fase da vida do seu cachorro. Por isso, opte por rações específicas para filhote até que ele complete 12 meses, ração para adulto entre 1 e 6 ou 7 anos, e ração para cães idosos depois disso. Caso o seu American Staffordshire Terrier seja castrado em algum momento, você pode escolher uma ração específica para esse caso também.

Sempre faça a troca gradual dos alimentos oferecidos ao cachorro. Ao longo de uma semana, vá aumentando a quantidade da ração nova e diminuindo a quantidade da ração que não será mais oferecida. Assim você dá tempo ao seu cão para se adaptar e consegue observar qualquer mudança de comportamento ou reação indesejada, como alergias e diarreia, por exemplo.

Personalidade e comportamento do American Staffordshire Terrier

O American Staffordshire Terrier é um cachorro cheio de energia, sempre pronto para brincar. Muito afetuoso e dócil, é um cão que adora aprender novos truques tanto para agradar seus tutores quanto para se manter ocupado e entretido, física e intelectualmente.

O American Staffordshire Terrier tem porte e aparência de cão de guarda, mas costuma ser calmo mesmo com pessoas estranhas. Por isso, se sua intenção for colocar esse cão para cuidar da segurança da casa, é melhor investir em um adestramento específico para isso.

Por outro lado, ele não tem muita tendência a gostar de outros cães. Isso pode ser revertido com uma socialização bem feita e, novamente, com um adestramento eficaz. Mas é preciso fazer isso o quanto antes, de preferência quando ele ainda for um filhotinho.

Como adestrar um American Staffordshire Terrier

O American Staffordshire Terrier costuma responder bem ao adestramento por reforço positivo, já que é inteligente e gosta muito de agradar seus tutores. Por isso, demonstrar com carinho, palavras de encorajamento e até mesmo petiscos podem fazer com que ele entenda ainda mais rápido o que você deseja, respondendo prontamente.

No entanto, é preciso ter pulso firme e ser coerente nos comandos para não permitir que o lado mais independente e teimoso do American Staffordshire Terrier venha à tona. Como ele aprende rápido, até mesmo os hábitos indesejados podem criar raízes facilmente.

O American Staffordshire Terrier vai destruir a casa?

Somente se não tiver oportunidades frequentes para se exercitar e gastar energia, além de interações frequentes com a família. A solidão e o ócio são os maiores inimigos do American Staffordshire Terrier e da integridade dos móveis e objetos da sua casa.

O American Staffordshire Terrier é um bom cachorro para crianças?

Sim! Essa raça tem a quantidade de energia e paciência adequadas para acompanhar crianças nas mais diversas brincadeiras e aventuras. Esse cachorro consegue ficar literalmente por horas correndo e pulando sem se cansar.

A recomendação fica por conta da sua força física. Ainda que não vá atacar as crianças de propósito, o American Staffordshire Terrier é um cão parrudo o suficiente para derrubar uma criança humana sem querer.

Qual o preço de um American Staffordshire Terrier

Se você chegou até aqui e está convencido de que o American Staffordshire Terrier é o cachorro certo para você, deve estar se perguntando qual o preço de um filhote da raça. É claro que há uma variação grande de acordo com as regiões do país mas, em média, é possível encontrar cãezinhos à venda por valores que começam em R$ 1.000 e podem chegar a R$ 8.000. Desconfie de filhotes vendidos por valores menores do que esses.

Antes de fechar negócio, pesquise sobre o criador, solicite informações sobre como são criados os filhotes, peça para ver fotos e vídeos dos pais e de ninhadas anteriores e faça uma visita, sempre que for possível. Se conseguir, você pode conversar também com outras pessoas que já tenham adquirido seus filhotinhos no lugar onde você pretende encontrar o seu melhor amigo.

Voltar ao topo