Assinantes Cobasi ganham + 10% OFF em todo site. Eu quero!

Assinantes ganham + 10%OFF Clique!

Imagem-perfil-raca

Pitbull: Inteligente e Amigável

Pitbull: origem, cuidados e curiosidades

Popularmente conhecido como Pitbull, o American Pit Bull Terrier é apegado à família e muito brincalhão, sendo um ótimo cão de companhia. Apesar disso, possui a fama de cachorro agressivo, que não condiz com seu temperamento dócil e carinhoso. Continue a leitura e saiba mais sobre essa raça.

Saiba Mais
Tamanho
Imagem-tamanho-raca

40cm a 48cm

Peso

15kg a 35kg

Pelagem

Curta, lisa e brilhante, a pelagem do American Pit Bull Terrier apresenta diversas tonalidades diferentes. Entre outros padrões de cores, é possível encontrar Pitbull preto, cinza, marrom e branco.

Característica
  • Disposição para atividade

  • Respeito ao tutor

  • Intelecto e memória

  • Territorialismo

  • Amor ao tutor

  • Latido

  • Paciência com crianças

  • Receptividade com outros pets

Escolha produtos para seu pet

Clique na imagem abaixo para comprar

coleção vtex

A origem do Pitbull

No Brasil, o American Pit Bull Terrier é conhecido pelo apelido de Pitbull. Seu verdadeiro nome dá pistas sobre sua origem que aconteceu entre a Europa e os EUA. No século XIX, criadores da Inglaterra, Irlanda e Escócia realizaram cruzamentos do Bulldog com o Terrier Inglês. Assim surgiu o Bull-and-Terrier, uma raça que combinava a esportividade do Terrier e a resistência e força do Bulldog. Resistentes e corajosos, eram usados para rinhas de cães, mas sua personalidade gentil já indicava que seu futuro seria muito mais nobre.

Por volta de 1850, o Bull-and-Terrier chegou aos Estados Unidos, despertando o interesse de criadores. A raça foi aperfeiçoada e deu origem ao American Pit Bull Terrier, ou simplesmente Pitbull, como chamamos por aqui! Com a proibição das rinhas de cães, a raça passou a ser usada em fazendas para proteção, pastoreio e caça. Foi aí que a docilidade dos Pitbulls se sobressaiu e eles se mostraram cães companheiros e muito carinhosos, sendo cada dia mais usados como animais de companhia.

Características físicas do Pitbull

Forte e atlético, o Pitbull possui uma grande variação de tamanho, podendo pesar entre 15kg e 35kg. No entanto, sua altura não muda tanto, variando entre 40 e 48cm.

O formato da cabeça com focinho largo e profundo são característicos da raça e colaboram para sua aparência poderosa. As orelhas são altas e naturais. Hoje a prática de corte de orelhas e cauda é proibida e configura mutilação e maus-tratos, mas há alguns anos era comum em cães Pitbull.

Todas essas características colaboram para um cão forte, resistente e ágil.

American Pit Bull Terrier é bravo?

Apesar de seu semblante poderoso, o American Pit bull Terrier não é um cachorro bravo. São cães muito alegres e cheios de energia, que adoram brincar e se divertir com seus tutores. Amigáveis, fieis e companheiros, são cães muito indicados para famílias.

A raça Pitbull é inteligente e adora brincadeiras e fazer truques. Além disso, também são autoconfiantes e corajosos. Características quer os tornam cães muito especiais, mas também exigem um cuidado maior com a sua socialização, visto que são cães de físico poderoso.

O Pitbull se dá bem com crianças?

A raça costuma se dar muito bem com crianças. Divertidos, resistentes e pacientes, adoram entreter os baixinhos. No entanto, o Pitbull é um cão muito forte e isso reforça a necessidade para que toda a interação seja supervisionada por um adulto.

A socialização e o adestramento são importantes para que cães da raça American Pit Bull Terrier convivam melhor com pessoas e outros animais. Levando mais segurança e tranquilidade para a relação.

Imagem-raca-meio

Como adestrar o Pitbull?

O Pitbull possui dois pontos de alerta: sua força e sua energia. A socialização auxilia o animal a se acostumar com o toque e a presença de pessoas e animais diferente. Mais segurança e tranquilidade. A socialização pode ser feita com o animal ainda filhote o apresentando para pessoas diferentes e colocando em contato com outros cães e pets, como gatos, aves e roedores. É importante sempre supervisionar essas interações

Para a energia do Pitbull, são indicadas atividades para cansá-lo. Passeios longos e brincadeiras com bolinhas, cordas e outros brinquedos ajudam a acalmar o animal e torna-lo mais tranquilo.

Além disso, a aprendizagem de truques e comandos, como senta, deita e fica, são importantes para ter um cãozinho mais equilibrado e fácil de lidar.

Como cuidar do American Pit Bull Terrier?

Os cachorros da raça American Pit Bull Terrier costumam ser bastante saudáveis e ativos, não exigindo muitos cuidados especiais com sua saúde e bem-estar. No entanto, os Pitbulls possuem predisposição para dois problemas: problemas de pele e obesidade.

Os problemas de pele devem ser observados. Coceiras, vermelhidão e queda de pelo são indícios de uma possível alergia. Leve seu cachorro em um médico veterinário de confiança e faça o tratamento adequado.

A obesidade está diretamente ligada ao físico forte e atlético do Pitbull. Sem a prática de exercícios físicos, ele pode ganhar peso facilmente e desenvolver diversas doenças decorrentes do sobrepeso. Para evitar esse mal, ofereça sempre a quantidade de ração indicada na embalagem e faça passeios diários. Além de manter seu cachorro no peso certo, os passeios fortalecem a musculatura e ajudam a aliviar o estresse.

Vacinação anual do Pitbull

Os cães estão suscetíveis à diversas doenças. Algumas delas são muito graves, mas para a tranquilidade dos tutores existem vacinas que mantêm seus pets protegidos. No entanto, a imunização para ser eficaz deve ser realizada todos os anos.

Cachorros adultos devem receber anualmente as vacinas V10 ou V8 para imunização contra cinomose, parvovirose, leptospirose e outras enfermidades. Além disso, seu Pitbull adulto deve ser vacinado com a Antirrábica também uma vez ao ano.

Os pets ainda podem ser imunizados contra outras doenças, como verminoses e gripes. Para proteger seu cachorro, converse com seu médico veterinário de confiança.

Vermífugos e antipulgas

As vacinas anuais protegem seu Pitbull de diversas doenças de cachorro, mas ainda existem outras enfermidades que seu pet pode ser exposto no dia a dia. Parte dessas doenças são prevenidas com o uso periódicos de antipulgas e remédio para carrapato.

O antipulgas evita que pulgas, carrapatos, piolhos e mosquitos infestem o animal. Além da coceira desagradável, esses parasitas podem transmitir diversas doenças, inclusive algumas muito graves, como a doença do carrapato e a Leishmaniose. A frequência da aplicação do medicamento varia de acordo com o fabricante e o tipo. Existem coleiras, pipetas, sprays e medicamentos antipulgas orais.

Os vermífugos também são medicamentos de uso periódico. Eles eliminam vermes que podem ser contraídos na rua, em alimentos e até sem sair de casa. Para saber qual o medicamento mais adequado para seu pet, consulte um médico veterinário.

Você já esqueceu de comprar antipulgas ou vermífugo? Faça sua Assinatura Cobasi e programe suas compras de acordo com o calendário do seu veterinário. Praticidade para você e segurança para seu cãozinho.

Como cuidar de filhote de Pitbull?

Os filhotes de Pitbull são muito fofos! Esses pequeninos, exigem cuidados especiais com a saúde e o comportamento. Filhotes de American Pit Bull Terrier possuem alimentos e medicamentos específicos para a sua idade. Usar vermífugos e antipulgas para cães adultos pode intoxicar o animal por causa das doses altas.

Enquanto animais adultos devem ser vacinados anualmente, os filhotes possuem um protocolo de vacinação diferente. Cães filhotes devem receber três doses da vacinas V10 ou V18 e uma dose única da Antirrábica. Veja o protocolo aproximado de dias:

60 dias de vida: primeira dose da vacina V10 ou V8

Entre 81 e 90 dias de vida: segunda dose da V10 ou V8

Entre 111 e 120 dias de vida: terceira dose da V10 ou V8 e a dose única de Antirrábica

Atenção! Seu filhote só deve passear na rua após 10 dias da última dose das vacinas. Esse é o tempo mínimo necessário para a proteção do seu pet.

Além da alimentação correta e dos cuidados com a saúde, ao receber um novo cãozinho na casa, você precisará de alguns itens de higiene, conforto e passeio. Fizemos um lista para ajudar você com o novo Pitbull:

- caminha para cachorro

- Comedouro e bebedouro

- Coleira e placa de identificação

- Peitoral ou coleira para passeio e guia

- Tapete higiênico

- Brinquedos

- Ração

- Petisco e ossinhos

Como alimentar um filhote Pitbull?

Assim como os cuidados com a saúde, a alimentação do filhote de Pitbull também é diferente da oferecida para os adultos. Filhotes desmamam entre 6 e 8 semanas de vida, quando iniciam a alimentação sólida. A ração deve ser exclusiva para cães até 1 ano de idade e a frequência deve ser maior que a feita com animais adultos. Fracione a alimentação do seu filhote entre 4 e 5 refeições ao dia.

É importante que ele se alimente a cada mais ou menos 4 horas para manter o nível de glicose no sangue. Filhotes gastam muita energia e seguindo esse protocolo, você evita crises de hipoglicemia.

Mesmo que tenha outros cães na casa, não divida a ração deles com o novo membro da família. A ração de filhotes é formulada com as quantidades certas de nutrientes para que o cãozinho cresça forte e saudável. Prefira sempre as rações de qualidade superior e escolha uma para cães de porte médio.

A alimentação do seu Pitbull bebê com uma ração para filhotes é completa, mas você mimá-lo com ração úmida e petiscos. Escolha sempre versões específicas para a idade do seu pet. Não esqueça de manter o potinho de água sempre abastecido!

A melhor ração para Pitbull

A ração mais indicada para cães da raça Pitbull é a Super Premium. Desenvolvidas com ingredientes selecionados, possuem grande concentração de proteína de origem animal. Além disso, você encontra rações para cães adultos e idosos, cães que praticam atividades físicas intensas e também aqueles que precisam de uma ajudinha extra para emagrecer.

Os alimentos Super Premium estão disponíveis no formato ração seca ou ração úmida. A alimentação do seu pet pode ser feita baseada na ração seca ou misturada com sachês e latas. No entanto, é importante que você siga as orientações da tabela nutricional fornecida na embalagem do produto. Isso vai garantir que seu American Pit Bull Terrier receba a todos os nutrientes necessário, sem exceder a quantidade diária de calorias.

Divertido e amoroso

A origem da raça Pitbull até hoje estigmatiza esse cãozinho divertido e amoroso. Sua fama de agressivo e feroz, no entanto é desconstruída quando se percebe que o American Pit Bull Terrier é, na verdade, um cãozinho doce, brincalhão e muito companheiro.

Apesar do temperamento doce e amoroso, o Pitbull também é um cão cheio de energia. Seu comportamento agitado faz com que uma rotina de atividades físicas e brincadeiras seja necessária.

A raça destrói a casa?

Qualquer cão com comportamento mais agitado tem maior propensão a roer uma coisinha aqui ou ali. Para evitar esse comportamento indesejado, o tutor pode fazer passeios longos e brincar bastante com o pet, gastando a energia que o Pitbull tem de sobra. Além disso, entreter o cãozinho mesmo quando não está em casa é uma ótima pedida. Ofereça brinquedos com dispensar e ossinhos para roer.

Atenção! Prefira brinquedos de Nylon e borracha resistente. Os Pitbulls têm a mordida muito forte e podem engolir pedaços de brinquedos mais frágeis.

Atividade física e brincadeiras

A prática de atividades físicas é importante para gastar a energia do seu American Pit Bull Terrier, mas também colabora para evitar uma doença comum na raça: a obesidade.

O sedentarismo é uma das principais causas do sobrepeso e da obesidade em Pitbulls. A raça é atlética e musculosa, exigindo uma rotina intensa de exercícios para manter o peso. A falta de atividade física, colabora para a redução no gasto de energia e o ganho de peso. Além disso, animais obesos ficam mais suscetíveis à diversas doenças. Cuide da alimentação e da rotina de atividades do seu American Pit Bull Terrier. Para ajudar nessa tarefa, separamos algumas das atividades preferidas da raça.

Corrida

Cachorros da raça Pitbull adoram se exercitar principalmente ao lado dos tutores. Correr é uma ótima oportunidade para o gasto de energia e fortalecimento muscular. Gostou da ideia? Antes consulte um médico veterinário para saber se seu cãozinho está com a saúde em dia e pronto para se divertir.

Corda

As cordas estão entre os brinquedos favoritos dos Pitbulls. Usadas para a brincadeira de puxar, elas permitem que o cãozinho use toda a sua força e se divirta com o tutor. Alguns brinquedos combinam a corda com pneus, outro item adorado pelos Pits!

Bolinha

A bolinha para cachorro é um clássico! E é claro que cães da raça Pitbull também adoram esse brinquedo. Escolha sempre bolinhas de Nylon ou borracha para evitar que o pet destrua o item e engula pedaços.

Brinquedos interativos

Perfeitos para cães muito agitados ou que ficam sozinhos em casa, os brinquedos interativos permitem que o pet se distraia de forma segura. Eles utilizam petiscos e grãos de ração para estimular a interação e a brincadeira. Existem produtos com vários graus de dificuldade. É indicado começar com aqueles mais fáceis, como as bolinhas com dispenser, e apresentar novos desafios de acordo com o aprendizado do animal.

Aprenda a higienizar os pertences do seu pet.

Pitbull com a orelha cortada

Cortar as orelhas do Pitbull era uma prática muito comum no Brasil e em outros países. No entanto, em 2008, o procedimento chamado conchectomia passou a ser considerado ilegal pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária brasileiro. Com o objetivo modificar a aparência do American Pit Bull Terrier, o procedimento cirúrgico oferece diversos riscos ao cãozinho.

O primeiro risco é a própria cirurgia. Submeter um filhote de apenas 2 meses à anestesia pode ser arriscado. Além disso, o procedimento causa dor e deixa o animal mais suscetível para infecções e complicações.

Hoje, o corte das orelhas do Pitbull é considerado crime ambiental passível de multa e detenção. O médico veterinário que realizar o procedimento, pode ter sua permissão profissional suspensa.

Voltar ao topo