doberman

Doberman: leal e confiante

Doberman: cuidados, origem e curiosidades

Esbelto e musculoso, o Doberman, ou Dobermann, pode parecer assustador para quem não está acostumado com ele, porém trata-se de uma raça calma e amigável. Com facilidade para se ajustar ao ambiente em que está inserido, esses cães podem até ser desconfiados com estranhos a princípio, mas logo que se acostumam às pessoas se tornam extremamente carinhosos. Inteligente, educado e obediente, esse animal é bastante protetor e devotado aos tutores. Saiba Mais
Tamanho
Imagem-tamanho-raca

63 a 72 cm

Peso

35 - 45kg

Pelagem

Sua pelagem é curta e possui poucas variações de cor. O Doberman pode ser marrom ou preto e ambos possuem marcações muito bem definidas na cauda, nas patas e nas orelhas e no focinho.

Característica
  • Disposição para atividade

  • Respeito ao tutor

  • Intelecto e memória

  • Territorialismo

  • Amor ao tutor

  • Latido

  • Paciência com crianças

  • Receptividade com outros pets

Escolha produtos para seu pet

Clique na imagem abaixo para comprar

Vtex

Origem do Doberman

Desenvolvido em Thüringen, na Alemanha, por Karl Friedrich Louis Dobermann, no final do XVII, o Doberman é uma das únicas raças que leva o sobrenome de seu criador como seu nome oficial. Karl era cobrador de impostos e precisava de um cachorro que fosse, além de seu companheiro, um ótimo cão de guarda. Afinal, ao coletar os impostos, corria risco de ser agredido. Como cuidava do canil local, Karl escolheu, a partir de sua reserva de cães, os que tinham como uma das características principais a agressividade. Assim, selecionou um tipo anterior ao Rottweiler, misturando-o com um tipo de pastor preto.

De cor avermelhada, mesclada com a pelagem preta, nascia o Doberman: um cão de guarda muito dedicado à proteção da família, também utilizado para os momentos de caça de outros animais, segurança e trabalhos com a polícia local. No início do século XX, os primeiros exemplares da raça foram encaminhados aos Estados Unidos, tornando-se um dos animais preferidos em competições. Por essas habilidades, a raça ganhou seu próprio clube: o Doberman Pinscher Club of America.

Esse lindo cachorro também é chamado de Doberman alemão ou Doberman europeu por causa da sua origem.

Principais características do Doberman

Pertencente ao grupo dos Pinschers e Schnauzers, Boiadeiros, Molossóides e Montanheses Suíços, o Doberman pode medir entre 63 cm e 72 cm de altura, e chega a pesar até 45 kg. É um cão de grande porte, esbelto e musculoso, com elegância imponente e ao mesmo tempo nobre. Indicado para ser também um cão de companhia, a raça é facilmente adorada por todos os familiares. Além disso, o cão prima por proteger seu lar e ser útil como raça de trabalho em segurança.

Pelagem do Doberman

Com pelo curto e espesso, o Doberman tem a pelagem lisa e distribuída igualmente sobre todo o seu corpo. Sua coloração está entre o marrom, preto, com tons avermelhados. Em regiões como orelhas, barriga e patas, o pelo é bem assentado no corpo do cão. É possível encontrar Doberman marrom ou preto. Doberman branco, por exemplo, não é uma coloração reconhecida.

Cuidados com a pelagem do Doberman

Para a diminuição da queda constante do pelo, é indicado que a escovação seja feita diariamente. Além disso, para que os cuidados com a pelagem sejam mais efetivos, recomenda-se que banhos sejam dados somente quando necessários. Isso conserva a aparência bonita e sedosa da pelagem deste animal.

Sua pele é um pouco sensível, então é necessário prestar atenção aos produtos escolhidos para o banho. Trata-se de uma raça bem limpa e sem odor, o que agrada os tutores, mesmo que em ambientes menores.
Imagem-raca-meio

Como cuidar de um Doberman?

A saúde bucal de seu Doberman deve ser sempre controlada. Desta maneira, a recomendação é que seja feita escovação dos dentes ao menos uma vez por semana. Além disso, as orelhas também devem ser verificadas e limpas, para evitar que sujeira fique acumulada, podendo causar infecções.

Para evitar machucados em seu Doberman gigante, outra recomendação a ser seguida é o corte das unhas sempre que necessário. Geralmente, o Doberman é um cão bem saudável. Entretanto, como quase todas as raças, alguns problemas podem surgir ao longo do tempo, como por exemplo:

No coração: cachorros da raça Doberman podem ser acometidos por cardiomiopatia dilatada. Trata-se do enfraquecimento do coração, fazendo com que este se contraia de forma incorreta e cause a má circulação sanguínea.

Para o quadril: A displasia de quadril é outra doença comum aos cães da raça Doberman. Refere-se a má formação das articulações do quadril e pode causar dor, além de desencadear outros males, como atrofia dos músculos ou mesmo a perda dos movimentos dos membros inferiores traseiros.

No sangue: Um distúrbio na coagulação sanguínea, causado pela deficiência da proteína, pode acometer seu cão a hemorragias e sangramentos. Trata-se da doença de Von Willebrand. Outras doenças comuns nesta raça são: Síndrome de Wobbler e Hipotireoidismo.

A qualquer sinal de problemas com o seu animal, procure sempre um veterinário de confiança para garantir que ele se mantenha sempre feliz e saudável! Faça o acompanhamento anual com o profissional de sua confiança e aproveite para realizar a vacinação.

Imunização do pet

Para evitar doenças graves, é necessário vacinar cães adultos todos os anos. As vacinas V10 ou V8 são importantes para proteger seu Doberman de doenças como cinomose, parvovirose e leptospirose, entre outras. Anualmente ainda é necessário fazer o reforço da vacina antirrábica, que imuniza seu cãozinho contra a Raiva. Além de grave para os animais, a doença é uma zoonose, ou seja, pode ainda ser transmitida para humanos.

Existem também algumas outras vacinas para prevenir verminoses, gripes, entre outros males que colocam a saúde do seu cachorro em risco. Consulte seu médico veterinário de confiança para descobrir qual o melhor protocolo de imunização para o seu amigo.

Vermífugos e antipulgas

Não é só de vacina que o seu cachorro precisa. Existem outros cuidados periódicos com a saúde do animal que devem receber sua atenção à exemplo da administração dos vermífugos, que visa eliminar vermes que são contraídos na rua, nos alimentos e até dentro de casa. Consulte seu médico veterinário para definir a frequência, a dosagem e o vermífugo ideal para seu Doberman.

A administração dos antipulgas e anticarrapatos também é muito importante e pode ser feita de inúmeras maneiras. Existem coleiras, pipetas, sprays e até medicamentos orais para livrar seu animal das pulgas, carrapatos e mosquitos. Converse sempre com um veterinário de sua confiança para escolher a opção mais adequada para a rotina do seu cachorro. O importante é manter seu Doberman sempre protegido e saudável. Além do incômodo da coceira, esses parasitas podem ocasionar diversas doenças graves.
Foto - Filhotes

Cuidados com os filhotes de Doberman

Os filhotes dão muita alegria, mas também exigem muitos cuidados. Quando bebês, os cães de todas as raças precisam receber um protocolo vacinal diferenciado dos adultos. Ao invés de uma única dose, são realizadas duas ou três aplicações com até 30 dias de intervalo entre cada uma delas. Dessa forma, o filhote fica protegido.

Mesmo se seu Doberman filhote já tomou as três doses da vacina múltipla e a dose única de antirrábica, é necessário esperar pelo menos 10 dias para poder passear na rua em segurança. Esse é o tempo mínimo de ação do imunizante.

Além da imunização, seu filhote de Doberman precisará de medicamentos para parasitas. Use apenas vermífugos e antipulgas feitos especificamente para filhotes e indicados por seu veterinário de confiança.

Como alimentar um filhote de Doberman?

O processo de desmame dos filhotes de Dorbermann acontece entre 6 e 8 semanas de vida. A partir daí é recomendado que eles se alimentem de 4 a 5 vezes ao dia com ração específica. A frequência ajuda na manutenção do nível de glicose no sangue, evitando crises de hipoglicemia.

A saúde dos filhotes é mais vulnerável do que a de cães adultos por estarem em fase de desenvolvimento. É muito importante cuidar da alimentação dos Doberman filhotes, para que eles tenham um crescimento saudável e equilibrado, evitando futuros problemas. As rações especiais desenvolvidas para filhotes de raças de médio porte são as mais indicadas, não apenas para a manutenção do peso, mas principalmente por oferecerem nutrientes que auxiliam no desenvolvimento dos músculos, ossos e articulações.

Além disso, o tamanho dos grãos de cada tipo de ração também varia de acordo com as necessidades de cada cachorro. Filhotes são ansiosos e podem engolir grãos muito pequenos sem mastigar, prejudicando o processo de digestão. E lembre-se: não é recomendado alimentar seu cachorro com comida de humanos e é fundamental manter o pote de água sempre ao alcance do bichinho.

Qual a melhor ração para o Doberman?

Cachorros adultos e idosos também precisam de uma ração especial desenvolvida para sua faixa etária e tamanho, que satisfaça suas necessidades nutricionais específicas. Por isso, na Cobasi, você enconra diferentes opções de marcas e sabores de ração desenvolvidas para diferentes portes e idades de cachorros.

Os Dobermans são animais de grande porte, e precisam de uma dieta cuidadosamente balanceada, para manter sempre sua saúde em dia. Você pode consultar o seu veterinário para definir quantidade de ração adequada de acordo com o peso e o tamanho do seu animal.

Rações Premium ou Super Premium são as mais indicadas para todas as raças de cachorros por conta da maior preocupação com os ingredientes e com o valor nutricional. Por oferecerem maior qualidade, seu consumo resulta em benefícios para a saúde de seu amigo.
Comportamento - Foto

Comportamento de um Doberman

Fácil de ser treinado, o Doberman é um ótimo cão para famílias, por se tratar de uma raça calma e amigável. Além disso, é um grande protetor dos tutores e muito trabalhador. Conta com coragem, firmeza e habilidades, geralmente acompanhadas de autoconfiança e intrepidez.

Cães dessa raça tem boa adaptação e facilidade para se ajustar ao ambiente em que estão inseridos. Com pessoas estranhas sempre demonstrará um pouco de desconfiança, por conta de seu instinto naturalmente protetor. Depois que o Doberman se acostuma à presença das pessoas, toda sua personalidade amigável é colocada para fora.

O Doberman é um cachorro bastante ativo e sua necessidade de exercícios físicos e mentais é constante. Se ele não gastar toda essa energia, pode se transformar em um cão mais agressivo e frustrado, além de destrutivo.

Carinhoso com toda a família, o Doberman é educado e obediente, inclusive com crianças, principalmente quando bem adestrado. Amoroso e protetor, desde que ele encontre o mesmo carinho com os tutores pequenos, ele é uma ótima companhia para as crianças. É recomendado observar a proximidade com bebês e crianças muito pequenas. Como trata-se de um cachorro grande e com bastante força, acidentes por meio de brincadeiras podem ocorrer.

Quando se trata de amizade com outros cães ou animais de espécies diferentes o Doberman não costuma ser muito sociável. Entretanto, por meio de um trabalho de socialização e bastante treino, não é impossível que o cão conviva com outros animais.

Adestramento de um Doberman

Com grande facilidade para ser adestrado o cão da raça Doberman aprende com muita facilidade. É obediente, tem foco e, inclusive, pode ser treinado para reagir de acordo com situações diversas.

Uma das raças mais inteligentes do mundo, o Doberman está na quinta posição no ranking de Inteligência de Stanley Coren. Trata-se de um cachorro muito atento aos desafios mentais, além de ser muito obediente.

Em pouco tempo seu treinamento – que deve ser feito sempre com reforços positivos - pode ser concluído e o Doberman estará totalmente pronto e disciplinado. Além disso, quando necessário, o cão tem boa adaptabilidade às mudanças de rotina e até locais.

Como é ter um Doberman em casa?

Campeão em se acostumar ao território, o Doberman é muito companheiro, principalmente de quem está dentro do mesmo ambiente que ele. Apesar de ser um ótimo cão de guarda, com expressão mais séria, é um cão que precisa de atenção, carinho e que não gosta de ficar sozinho durante muito tempo.

Carinhosos e leais, sua imponência aparente também auxilia na proteção e defesa de sua família. É uma raça sempre vigilante e alerta a qualquer mudança do ambiente. Entretanto, se não houver alteração em sua rotina, o que ele mais quer é brincar para gastar sua grande energia. Gosta de corridas, caçadas, passeios e muitas atividades físicas. Mesmo que alguns exemplares se tornem mais dominantes, o Doberman é um cachorro muito receptivo em aceitar o que seus tutores esperam dele: proteção, companheirismo e carinho.

Com adestramento adequado realizado quando seu Doberman for apenas um filhotinho, o animal criará laços e afinidades com seu tutor. Por ser um cachorro de muita energia e ter personalidade de liderança, tutores inexperientes podem ter certa dificuldade em controlá-lo.

No entanto, se o adestramento e companheirismo forem ações realizadas desde o filhote, o Doberman pode ser um companheiro amável e carinhoso, que sempre estará por perto, para protegê-lo de qualquer mal.

Os Dobermans costumam ser silenciosos, latindo somente quando há necessidade, seja para comunicar alguma coisa a seus tutores ou mesmo apontar que está precisando de algum cuidado.
Brinquedos - Foto

Melhores brinquedos para um Doberman

Cheios de energia, os Dobermans precisam de momentos longos de brincadeiras, atenção e cuidado. Por isso, esses momentos de brincar, devem ser associados totalmente a seu prazer. Os jogos, por exemplo, devem trazer atividades que deem ao cão algum tipo de tarefa ou treine suas habilidades e obediência.

Brinquedos como frisbees, bolas e estridente de látex são os mais indicados para o Doberman, principalmente se for um cão mais jovem. Afinal, ele gosta de mastigar o tempo todo e essa atividade pode mantê-lo ocupado por várias horas. Além disso, os brinquedos com cordas e pneus próprios para cachorros são ótimos estimulantes para gastar sua energia.

Curiosidades sobre o Doberman

Excelente cão de guarda, o Doberman é a raça escolhida para acompanhar os trabalhos policiais em diversos países do mundo. À época do acidente com as Torres Gêmeas em Nova York, muitos animais da raça foram altamente colaborativos no encontro e resgates de vítimas. Em complemento, os cães desta raça estão presentes em diversos filmes de ação ou desenhos animados, como no filme UP - Altas Aventuras, com o personagem marcante Alfa.

Outra curiosidade que deve ser apontada é que em 1945, os Dobermans atuaram como soldados na Guerra de Okinawa, no Japão. Por esse motivo, um memorial na Ilha de Guam, no Oceano Pacífico, foi construído para homenagear os cães.

Além disso, muitas pessoas tendem a confundi-lo com a raça Pinscher - como se o Doberman fosse nada mais do que um Pinscher muito maior. No entanto, não se engane: suas similaridades estão apenas restritas a pertencerem ao mesmo grupo, uma vez que o Pinscher foi usado para o cruzamento que originou a raça.
Voltar ao topo