Imagem-perfil-raca

Rottweiler: Carinhoso e Brincalhão

Rottweiler: cuidados, origem e curiosidades

Apesar de sua fama e a cara de cachorro mau, a raça Rottweiler pode ser uma ótima companhia e proteção para você e sua família. Quer saber tudo sobre a raça Rottweiler? Encontre aqui! Saiba Mais
Tamanho
Imagem-tamanho-raca

56 a 69 cm

Peso

35kg e 60kg

Pelagem

Sua pelagem não possui variações, sempre com pelos curtos e pretos com marcas marrons douradas em lugares específicos. O grande porte também é uma das principais características, o peso do Rottweiler fica entre 35kg e 60kg e a altura entre 56cm a 69cm, e sua expectativa de vida chega a 12 anos.

Característica
  • Disposição para atividade

  • Respeito ao tutor

  • Intelecto e memória

  • Territorialismo

  • Amor ao tutor

  • Latido

  • Paciência com crianças

  • Receptividade com outros pets

Escolha produtos para seu pet

Clique na imagem abaixo para comprar

vtex coleção

A origem do Rottweiler

Uma das raças mais antigas, a origem do Rottweiler foi atestada dos tempos dos romanos. Criado para ser um cão de companhia, guardião e pastor de gado, os cães desta raça vieram da região dos Alpes, nos arredores de Rottweil, no sul da Alemanha, formados pela miscigenação com cães locais.

Seu nome, inicialmente, era Rottweiler Metz-Gerhund (Cão de açougueiro de Rottweil), pois foi criado pelos açougueiros para que fosse exibido, sem nenhuma utilidade. Depois, passou a carregar os carrinhos de carne, facilitando o transporte para os próprios açougueiros.

Foi somente com passar do tempo que descobriram que o Rottweiler poderia ser um maravilhoso cão de pastoreio, cão de guarda e ideal para companhia e proteção.

No início da virada do século XX, os cães da raça quase deixaram de existir. Ainda bem que alguns criadores apostaram em continuar seu legado, fazendo com que os Rottweilers viraram os queridinhos das Américas. Alguns acreditam que a raça surgiu após o cruzamento do Pastor Alemão com Mastim.

Principais características do Rottweiler

Cães de grande porte, os Rottweilers chegam a medir até 68 cm no caso dos machos e 56 cm no caso das fêmeas. O peso pode variar entre 35 e 68 quilogramas. Com cara de bravo, a raça tem a cabeça imensa, com orelhas bem rentes e um pouco caídas lateralmente. Podem babar um pouco, por conta dos “lábios” mais caídos.

Seu amadurecimento é mais lento – o que é comum nas raças maiores. Muitos exemplares só atingem seu tamanho final ao completar dois ou três anos de idade. São encorpados e apresentam forma maciça e robusta. Muito ágeis e brincalhões, os Rottweilers são extremamente companheiros para quem convive com eles.

É importante que aconteça socialização com pessoas e animais estranhos, principalmente, com crianças. Sua mordida é bem forte: são 42 dentes encaixados em uma mandíbula poderosa.

Pelagem do Rottweiler

Sem muitas variedades, geralmente a pelagem do Rottweiler é predominantemente na cor preta, com colorações em marrom (podendo ser puxado para o dourado). Possuem subpelo e pelos de comprimento médio, um pouco áspero. Algumas marcações também podem ser encontradas na cor castanho.

Cuidados com a pelagem do Rottweiler

Esses animais têm perda de pelos moderada e recorrente em todo o ano. Por isso, existe a necessidade de, ao menos uma vez por dia, escovar o seu cão. Assim, além de garantir aquele brilho fabuloso aos exemplares da raça, evita que pelos soltos e mortos se espalhem pelo ambiente.

Produtos específicos para a pelagem de Rottweiler devem ser adotados, como escovinhas desenvolvidas especialmente para a raça, por exemplo. São cachorros extremamente limpos e podem tomar banho somente uma vez por mês ou quando houver necessidade (se ele rolar e brincar na lama, por exemplo).

Imagem-raca-meio

Como cuidar de um Rottweiler?

Por genética, os cães da raça Rottweiler podem ter alguns problemas de saúde. A displasia coxofemoral e de quadril pode ser um deles. Além disso, problemas gastrointestinais podem ocorrer se o seu cão não tiver uma alimentação saudável e balanceada.

A Displasia de Quadril é uma alteração na articulação formada pelo fêmur e o osso coxal. Pode causar desconforto, além de prejudicar a movimentação de seu Rottweiler, podendo chegar ao extremo de impedir que seu cão caminhe, por exemplo. Fique sempre atento a qualquer sinal de desconforto e leve seu amigo ao veterinário sempre que isso ocorrer.

Exames devem ser realizados desde que o Rottweiler for um filhote, para que, por meio do tratamento adequado, sua qualidade de vida não seja afetada. Além da genética, essa condição também pode surgir por excesso de atividades físicas e até mesmo pelo espaço de sua casa.

A Parvovirose — provocada por um vírus que ataca o sistema gastrointestinal e pode levar o cão à morte, pode ser evitada com doses a mais de vacinas. Em geral, o cão dessa raça é forte e saudável.

No entanto, é preciso observar e fazer exames para verificar se seu Rottweiler não tem problemas de coração ou circulação. Consultas regulares ao veterinário são recomendadas.

Vacinação anual

Para evitar doenças graves, é necessário vacinar cães adultos anualmente. As vacinas V10 ou V8 são importantes para proteger seu Rottweiler de doenças como cinomose, parvovirose e leptospirose, entre outras.

A vacina antirrábica imuniza seu cãozinho contra a Raiva. Além de grave para os animais, a doença pode ainda ser transmitida para humanos. Existem também algumas outras vacinas para prevenir verminoses, gripes, entre outros males que colocam a saúde do seu cachorro em risco.

Consulte seu médico veterinário de confiança para descobrir qual o melhor protocolo de imunização para o seu amigo.

Vermífugos e antipulgas

Além de vacinar o seu cachorro, existem outros cuidados periódicos com a saúde do animal que devem receber sua atenção. A administração dos vermífugos varia de acordo com o tipo do medicamento e a frequência com que seu cãozinho sai de casa.

A função deles é eliminar vermes que são contraídos na rua, nos alimentos e até dentro de casa. Consulte seu médico veterinário para definir a frequência, a dosagem e o vermífugo ideal para seu Rottweiler.

A administração de antipulgas e anticarrapatos também é muito importante e pode ser feita de inúmeras maneiras. Existem coleiras, pipetas, sprays e até medicamentos orais para livrar seu animal das pulgas, carrapatos e mosquitos.

Converse sempre com um veterinário de sua confiança para escolher a opção que mais se adequa à rotina do seu cachorro. O importante é manter seu pequinês sempre protegido e saudável. Além do incômodo da coceira, esses parasitas podem ocasionar diversas doenças graves. Não vale a pena arriscar!

rottweiler-guia-de-racas-1

Cuidados com os filhotes de Rottweiler

Ter um filhotinho em casa é sempre uma alegria, mas exige muitos cuidados. Quando bebês, os cães de todas as raças precisam receber vacinas em um protocolo diferenciado dos adultos.

Veja abaixo a orientação:

  • 60 dias de vida: 1ª dose da vacina V10 ou V8;
  • Entre 81 e 90 dias de vida: 2ª dose da V10 ou V8;
  • Entre 111 e 120 dias de vida: 3ª dose da V10 e a dose única da antirrábica.

Atenção! É imprescindível esperar 10 dias após a última dose das vacinas, para poder levar seu cachorro para passear na rua em segurança.

Além da imunização, seu filhote de Rottweiler precisará de medicamentos para parasitas. Use apenas vermífugos e antipulgas feitos especificamente para filhotes e indicados por seu veterinário de confiança.

Como alimentar um filhote de Rottweiler?

Após o processo de desmame dos filhotes de cachorro, que acontece entre 6 e 8 semanas de vida, o recomendado é que eles passem a ser alimentados de 4 a 5 vezes ao dia.

Essa frequência ajuda na manutenção do nível de glicose no sangue, evitando crises de hipoglicemia para os bebês, que são sempre agitados e gastam muita energia.

A saúde dos filhotes é mais vulnerável do que a de cães adultos por estarem em fase de desenvolvimento. É muito importante cuidar da alimentação do Rottweiler filhote, para que eles tenham um crescimento saudável e equilibrado, evitando futuros problemas.

As rações especiais desenvolvidas para filhotes de raças grandes são as mais indicadas, não apenas para a manutenção do peso, mas principalmente por oferecerem nutrientes que auxiliam no desenvolvimento dos músculos, ossos e articulações.

Além disso, o tamanho dos grãos de cada tipo de ração também varia de acordo com as necessidades de cada cachorro. Filhotes são ansiosos e podem engolir grãos muito pequenos sem mastigar, prejudicando o processo de digestão. E lembre-se: não é recomendado alimentar seu cachorro com comida de humanos e é fundamental manter o pote de água sempre ao alcance do bichinho.

Qual a melhor ração para o Rottweiler?

Cachorros adultos e idosos também precisam de uma especial desenvolvida para sua faixa etária e tamanho, que satisfaça suas necessidades nutricionais específicas. Por isso, estão disponíveis no mercado diferentes opções de marcas e sabores de ração desenvolvidas para diferentes portes e idades de cachorros.

Os Rottweilers são animais de grande porte, e precisam de uma dieta cuidadosamente balanceada, para manter sempre sua saúde em dia. Você pode consultar o seu veterinário para definir quantidade de ração adequada de acordo com o peso e tamanho do seu animal.

Rações Premium ou Super Premium são as mais indicadas para todas as raças de cachorros por conta da maior preocupação com os ingredientes e com o valor nutricional. Por oferecerem maior qualidade, seu consumo resulta em benefícios para a saúde de seu amigo.

rottweiler-guia-de-racas-2

Comportamento do Rottweiler

Sua fama de bravo precede qualquer outro julgamento. No entanto, o Rottweiler é um cão muito bom para companhia de adultos e crianças - quando socializado desde cedo. Muito carinhoso e apegado, pode sofrer de ansiedade de separação e ficar entediado e preguiçoso, se não for estimulado a praticar exercícios sempre.

Alguns são muito dóceis. Outros nem tanto. Por isso, vale observar se seu cão não está altamente centrado em seus tutores e seu território. Os filhotes crescem bem rápido e por isso podem ter força e agilidade como se fossem adultos.

Amoroso e companheiro, esse animal é também bastante brincalhão e com seu tamanho podem acabar machucando sem querer quando tenta brincar com crianças, é preciso sempre supervisionar as atividades com os pequenos.

Ativos e inteligentes, os cães da raça são confiantes o suficiente para agirem por conta própria, por isso precisam de adestramento desde cedo.

Quando deixados sozinhos por muito tempo, Rottweilers podem latir em exagero, cavar e destruir coisas. O cão costuma escolher uma pessoa da casa para ser seu tutor fiel e escudeiro.

Adestramento do Rottweiler

O Rottweiler está entre as dez raças mais inteligentes (ocupando o 9º lugar) do mundo. Entretanto, se não for adestrado desde filhote, pode usar essa inteligência de maneira desagradável.

Como é cachorro com muita força, inclusive em sua mordida, convém a contratação de um profissional para fazer o treinamento. Precisam de muita atenção.

Leais e apegados aos tutores, os Rottweilers costumam fazer tudo para agradar a quem estiver com ele nessa jornada de vida, por isso a participação dos tutores em seu adestramento e os reforços positivos são muito importantes.

Deixá-lo entediado e ansioso, nem pensar: como um bom cão protetor, se ele não estiver adestrado e socializado corretamente, pode reagir mal a visitantes e a outros animais.

Mesmo com sua fama de bravo, o Rottweiler pode ser muito amoroso, carinhoso e respeitoso com quem convive. Os comandos a ele dirigidos podem ser ensinados a ele como forma de brincadeira, acompanhada de petiscos.

Mas lembre-se: é um animal que pode ter sobrepeso facilmente. Maneirar nos petiscos e outras recompensas com alimentos é importante.

Como é o Rottweiler em casa?

O Rottweiler é um cachorro que necessita de espaço para brincar, gastar sua energia, o que evita que ele se torne um cão agressivo, possessivo e destruidor de objetos e móveis, por exemplo.

Se em seu caso, seu Rottweiler estiver em um espaço pequeno, procure sair para passear e brincar ao menos duas vezes por dia, preferencialmente ao ar livre, para evitar o estresse.

Como eles possuem tendência a engordar, o exercício é essencial. A socialização é extremamente necessária para que ele se torne amigo de todos que convivam com ele. A raça não costuma ser recomendada para quem nunca teve um cachorro grande.

O Rottweiler foi criado como um cão de trabalho. Por isso, qualquer atividade que envolva carregar pesos, pastoreio e ações de obediência, pode fazer com que seu cão seja seu melhor amigo para sempre. É ideal que ele seja apresentado a crianças e outros animais ainda filhotes.

Muito carinhoso e obediente, ele agirá como um grande amigo protetor. No entanto, se a criança ou o outro animal for muito pequeno, há a necessidade de supervisão. O Rottweiler é um cão com muita força!

Lidam bem com as visitas, desde que não se sintam ameaçados. Em complemento: é preciso dar tempo ao cão para que se acostume com estranhos.

rottweiler-guia-de-racas-3

Melhores brinquedos para o Rottweiler

Por ser bem enérgico, sofrer de ansiedade de separação e sentir-se na obrigação de proteção constante de seus donos, os cães da raça Rottweiler precisam brincar diariamente para tanto se aproximar de seus tutores, como para gastar parte de sua energia.

Desta forma, o cão também satisfaz sua necessidade de socialização com pessoas e outros animais. Recompensado com reforços positivos durante as brincadeiras, o Rottweiler fortalece laços fortes com aqueles que participam da jogada.

Além disso, é uma ótima maneira para que o cão faça exercícios. Brinquedos que fazem barulhos, próprios para aguentar sua forte mordida são indicados. Além deles, brinquedos que possam ser jogados, como bolinhas resistentes (não de tênis, nem de borracha), frisbees, entre outros, fazem com que ele se movimente bastante.

O kong é super recomendado, uma vez que, além de distraí-lo quando ficar sozinho, vai estimulá-lo a procurar pelos petiscos que estão dentro, fazendo com que o cão fique mais calmo. Qualquer jogo interativo faz bem a seu Rottweiler. Por isso, esconder coisas em lugares e fazer com que ele procure também é uma boa pedida.

Curiosidades sobre o Rottweiler

Os cães da raça Rottweiler quase foram extintos durante meados do século XIX por causa da diminuição da procura pelo cão para pastorear e coordenar rebanhos. No entanto, a demanda foi substituída quando resolveram colocá-lo para auxiliar a polícia em proteção, farejamento e outras habilidades.

Antigamente era comum cortar o rabo de um Rottweiler. A prática, proibida no Brasil, por ser classificada como maus-tratos, infelizmente ainda acontece em alguns países. Além disso, a mordida de um Rottweiler é mais forte do que a de um Pastor Alemão. Esse fato se deve ao tamanho de sua cabeça.

A raça está entre os dez preferidos dos brasileiros. Mas com sucesso garantido em redes sociais e muitas fotos, estão os cinco exemplares do ator e cantor Will Smith.

Voltar ao topo