Assinantes Cobasi ganham + 10% OFF em todo site. Eu quero!

Assinantes ganham + 10%OFF Clique!

Imagem-perfil-raca

Pug

Pug: Um dos cães mais populares do mundo. Origem, cuidados e curiosidades

Uma das raças mais antigas do mundo, os Pugs são muito conhecidos por serem extremamente adaptáveis a espaços pequenos, e pelo gosto que esses cachorrinhos têm por um colo.Saiba Mais
Tamanho
Imagem-tamanho-raca

20cm - 30cm

Peso

6kg - 8kg

Pelagem

Sua pelagem é sempre curta, em variações de bege e preto.

Característica
  • Disposição para atividade

  • Respeito ao tutor

  • Intelecto e memória

  • Territorialismo

  • Amor ao tutor

  • Latido

  • Paciência com crianças

  • Receptividade com outros pets

Escolha produtos para seu pet

Clique na imagem abaixo para comprar

A origem do Pug

A origem do Pug se dá na China, sendo uma das mais antigas do mundo. Seus primeiros registros de aparição datam 700 a.C., quando os cachorros dessa raça pertenciam aos imperadores, eram muito mimados e viviam cercados de luxo. Porém foram os Holandeses os principais responsáveis por disseminar a raça no mundo.

Estudos e teorias sugerem que a raça tenha surgido como descendente dos Pequinês de pelo curto, que são cruzamentos de Buldogues pequenos e a miniatura do Dogue de Bordéus.

Características físicas do Pug

Os filhotes de Pug são muito fofos e amáveis, e ao crescer chegam até 30cm, pesando entre 6kg e 8kg. As cores oficiais e reconhecidas de Pug são pretos e as variações de bege – do mais claro ao mais escuro -, apesar disso não é raro encontrar Pugs chocolates, brancos e até mesmo albinos. No entanto o focinho e as orelhas serão sempre pretos.

Sua pelagem é sempre curta, mas é bastante comum que os Pugs soltem muito pelo durante todo o ano. Por isso nós recomendamos uma escovação diária ou intercalada.

O comportamento do Pug

A personalidade do Pug é extremamente companheira, sempre muito apegados aos donos, adoram ficar fazendo nada se estiverem com seus tutores. Precisam de muito estímulo para atividades físicas por serem extremamente preguiçosos, apesar de muito alegres e brincalhões com todos. Por isso é muito importante fazer caminhadas leves e brincar bastante com eles. Em geral, são cachorros muito adaptáveis e podem viver tranquilamente em pequenos ambientes desde que seja bastante arejado, também são muito sociáveis com crianças e por isso perfeitos para uma família que mora em apartamento.

A saúde dos Pugs

Como todas as raças, os Pugs possuem predisposição a algumas doenças. Seus olhos saltados precisam ser muito bem cuidados, para evitar doença dos olhos secos e úlcera de córneas. Seu corpo, por ser pequeno, pode dificultar a capacidade aeróbica causando problemas respiratórios e muitos roncos. Sim, eles roncam muito!

Os Pugs, por possuírem um focinho menor tem menos tolerância ao calor, então é muito importante que ele possua um lugar muito arejado para viver e, acima de tudo, não faça caminhadas em dias quentes.

Essa raça tão amorosa e generosa precisa de muitos cuidados, inclusive com a alimentação que deve ser muito balanceada para evitar sobrepeso, e costuma visitar bastante os veterinários. Preste sempre muita atenção aos sinais, e faça consultas de check up pelo menos a cada 6 meses.

Imagem-raca-meio

Curiosidades da raça Pug

Essa raça tão querida e tão antiga fez parte de muitas histórias ao longo dos muitos anos que está por aqui. Um dos Pugs mais importantes de todos os tempos foi o de Josephine Bonaparte, esposa de Napoleão Bonaparte, o cãozinho era muito amado por sua tutora e quando a mesma foi presa, ele era o único que poderia visita-la e acabou sendo o mensageiro de muitas cartas que ela escrevia e colocava em sua coleira.

Os Pugs se popularizaram bastante na última década também por sua aparição nos filmes MIB – Homens de Preto, onde o Pug fazia o papel de um alienígena na pele de um cachorro. Hoje a raça ocupa o 11º lugar no censo de raças mais populares no Brasil e os principais nomes dados para esses fofinhos são Mel e Bob.

Voltar ao topo