img-chihuahua

Chihuahua: Corajoso e Dedicado

Chihuahua

Agitados, protetores e sem medo dos demais. Essa seria a definição da raça de cachorro Chihuahua. Pode ser um pouco difícil conquista-los, mas quando consegue pode ter certeza que eles serão os companheiros mais leais que você terá.Saiba Mais
Tamanho
img-tamanho da raça

18cm a 25cm

Peso

1kg a 3kg

Pelagem

Essa raça pode ter pelo longo ou pelo curto. O Chihuahua de pelo longo é fininho e sedoso, e pode ser liso ou um pouco ondulado. As partes do corpo onde o pelo é mais longo são as orelhas, pescoço, as patas e a cauda.


No Chihuahua de pelo curto, a pelagem é brilhante e macia, bem assentada em todo o corpo, sendo um pouco mais longo no pescoço e na cauda. Já com relação às cores, existem Chihuahuas com pelos de todas as cores e tons, exceto o merle.

Característica
  • Disposição para atividade

  • Respeito ao tutor

  • Intelecto e memória

  • Territorialismo

  • Amor ao tutor

  • Latido

  • Paciência com crianças

  • Receptividade com outros pets

Escolha produtos para seu pet

Clique na imagem abaixo para comprar

Origem do Chihuahua

O cão Chihuahua é originário do México e, inclusive, seu nome é o mesmo do maior estado da República Mexicana. De acordo com os especialistas, o cãozinho vivia de maneira selvagem na região quando foi domesticado pelos indígenas durante a época da civilização Tolteca.


Há ilustrações de pequenos cães chamados Techichi, muito semelhantes ao Chihuahua, incluídas na decoração da antiga arquitetura da região de Tula, o que fortalece a ideia de que essa raça de cachorro seja originária dos séculos X e XI, sendo considerada a raça de cachorro mais antiga da América do Norte.

Quais são os tipos de Chihuahua?

Existem dois tipos de Chihuahua: o Chihuahua de pelo longo e o Chihuahua de pelo curto. No que diz respeito ao peso e tamanho, os dois tipos de se mantêm dentro da média, mas as combinações de cor e pelagem são muito diversas.

Pelagem

Há uma infinidade de variações de cor no Chihuahua, que vão desde o branco com dourado, até o preto. No Chihuahua de pelo curto, a distribuição da pelagem por todo o corpo é bem assentada e uniforme. O pelo é brilhante e macio, podendo ser mais longo em partes do corpo onde está presente o chamado subpelo. Essas áreas, geralmente, são o pescoço e a cauda.


No Chihuahua de pelo longo, a pelagem é muito sedosa e macia. O pelo é liso ou levemente ondulado, e o subpelo é pouco denso. As orelhas, o pescoço, a parte de trás das patas e a cauda costumam ter pelos muito longos, em forma de franja.


Com relação às cores, são aceitas todas as combinações possíveis, com exceção do chamado merle.

Cuidados com a pelagem

O Chihuahua de pelo curto pode ser escovado de uma a duas vezes por semana, para remoção dos pelos mortos. Já o Chihuahua de pelo longo precisa ser escovado diariamente - assim, além de remover os pelos soltos, você previne o embaraço dos pelos e a formação de nós, que são muito dolorosos e incômodos para o cãozinho.


A escovação também é uma maneira de manter os pelos do cão sempre macios e com brilho, além de ser uma ótima oportunidade para você se conectar com ele em um momento tranquilo e relaxante.
img meio

Como cuidar do cão Chihuahua?

Apesar do seu pequeno tamanho, o cão Chihuahua é considerado um cachorro muito resistente, e que raramente tem problemas de saúde. Inclusive, a expectativa de vida dele é uma das maiores entre os cachorros, chegando aos 20 anos de idade.


Dois pontos chamam a atenção quando o assunto é a saúde do Chihuahua. O primeiro são os seus olhos, que devido ao formato e ao excesso de lágrimas requerem higiene diária com gaze ou algodão e soro fisiológico. Se for o caso, você pode providenciar tosas higiênicas para o seu Chihuahua não ter problemas em enxergar, caso ele seja do tipo com pelo longo.


Outro aspecto que merece destaque quando o assunto são os cuidados com o Chihuahua é a baixíssima tolerância que esse cãozinho tem com o frio. Mesmo as temperaturas consideradas amenas por nós, ou por outros animais, podem fazer com o que o pequeno literalmente trema de frio.


Por isso, é fundamental investir em roupinhas mais ou menos espessas, mas que sejam capazes de mantê-lo aquecido e confortável. Uma boa caminha e cobertores fofinhos também são essenciais para garantir que ele não se sinta congelado.


O Chihuahua é conhecido por tremer bastante, e essa manifestação nem sempre será sinal de frio. Situações intensas, em que o cão se sinta nervoso, ameaçado ou até excessivamente feliz podem ser demais para o pequeno. Evite sempre que puder essas emoções excessivas para proteger a saúde e o bem estar do seu Chihuahua.


Por ser um cão que vive em ambientes internos, mesmo com passeios diários pode ser que as unhas dele não fiquem suficientemente desgastadas. Não esqueça de mantê-las bem aparadas, mas sem exageros. Os dentes precisam ser escovados diariamente para evitar a formação de placa bacteriana e tártaro, que são típicas da raça.


Vacinação anual

O Chihuahua, assim como qualquer outro cachorro, precisa ser vacinado anualmente para se manter protegido das principais doenças que acometem os cães e que podem até mesmo serem fatais para eles.


Cada médico veterinário tem autonomia para escolher sua conduta e definir o melhor cronograma de vacinação, mas, de maneira geral, a vacina múltipla (V8) e a polivalente (V10) são ministradas uma vez por ano nos cachorros adultos. Há ainda a vacina contra a raiva, que é uma doença duplamente perigosa, pois além de ser gravíssima para o animal, também pode ser transmitida para seres humanos.


Existem outras vacinas que podem proteger o Chihuahua desde quando é um filhotinho até a velhice. A melhor maneira de garantir essa proteção é levar o cãozinho para consultas de rotina com o médico veterinário. Aproveite esse momento para conversar com o profissional sobre a melhor maneira de cuidar do seu pet.


Vermífugos e antipulgas

Mesmo sendo um cachorro que vive em ambientes internos, como apartamentos ou o interior das casas, o Chihuahua precisa ser protegido contra infestações de pulgas, vermes e outros parasitas. A maneira mais recomendada de fazer isso é escolher, em conjunto com o médico veterinário, o vermífugo e o antipulgas mais indicado para o seu cão, e garantir que a proteção dos medicamentos esteja sempre em dia.
img

Cuidados com os filhotes de Chihuahua

Receber um filhotinho de Chihuahua em casa é, sem dúvidas, um momento muito especial e emocionante. Esse serzinho tão pequeno vai depender totalmente dos seus cuidados, carinho e atenção até que esteja um pouquinho maior e mais forte.


Antes da chegada do filhote, certifique-se de que sua casa está preparada para ele. Além de determinar o local onde o cãozinho vai dormir, comer e fazer suas necessidades, separe um cantinho para deixá-lo mesmo quando estiver acordado, até que ele aprenda as regras da casa.


Alguns itens podem ajudar você a fazer uma boa adaptação do seu filhotinho. Confira:


caminha ou colchonete;


cobertores e almofadas;


roupinhas e casacos para mantê-lo aquecido;


comedouro e bebedouro;


coleira, placa de identificação e guia para os passeios;


caixa ou bolsa de transporte;


tapete higiênico e produtos de limpeza adequados ao uso veterinário;


ração e petiscos;


escova para desembaraçar e remover pelos mortos;


brinquedos.


Enquanto o pequeno Chihuahua não fizer 12 meses completos de idade, opte por oferecer uma ração para filhotes a ele, seja seca ou úmida. Assim você garante a ingestão diária de nutrientes para que o cãozinho possa crescer e se desenvolver da melhor maneira possível.


Depois de um ano de idade, as necessidades nutricionais do cachorro mudam, então você deve trocar a ração para um alimento para cães adultos. Faça isso de maneira gradual, ao longo de pelo menos sete dias. Vá aumentando aos poucos a ração de adulto e diminuindo a ração de filhote, até que o novo alimento se torne 100% do que é oferecido ao cão.


Com relação aos passeios, a recomendação feita pelos veterinários é que o filhote só saia depois de ter recebido integralmente as vacinas obrigatórias. São elas:


60 dias de vida: 1ª dose da vacina V10 ou V8;


Entre 81 e 90 dias de vida: 2ª dose da V10 ou V8;


Entre 111 e 120 dias de vida: 3ª dose da V10 e a dose única da antirrábica.


Enquanto seu Chihuahua não tiver concluído essa fase inicial de vacinações, faça as visitas ao médico veterinário com ele dentro de uma bolsa ou caixa de transporte, evitando seu contato com o chão e com outros animais. Cerca de 10 dias depois da última vacina é provável que o veterinário libere o cão para fazer seu primeiro passeio, mas é sempre importante confirmar essas informações com o profissional escolhido para acompanhar a saúde do seu cãozinho.


Como alimentar um filhote de Chihuahua

Os cachorrinhos são desmamados entre 6 e 8 semanas de vida, e logo depois começam a se alimentar com ração. Você pode oferecer ração seca ou úmida para o seu pequeno Chihuahua, mas certifique-se de que sejam produtos específicos para filhotes.


Com relação à quantidade diária, a indicação que consta na embalagem é uma boa referência para você saber quanta comida o filhote precisa ingerir. Pegue a quantidade total e distribua em 4 ou 5 refeições para evitar que o filhotinho desenvolva crises de hipoglicemia, que são causadas pelo desequilíbrio nos níveis de glicose no sangue. Esse é um problema sério que pode até mesmo matar o filhote, então fique atento.


A oferta de petiscos para filhotes é permitida mas, assim como deve ser feito na idade adulta, ela deve ser moderada. Não ofereça alimentos de consumo humano para o seu Chihuahua e mantenha água limpa e fresca sempre à disposição do cachorrinho.


Qual a melhor ração para cachorro Chihuahua

Escolha sempre alimentos de qualidade, indicados para a fase da vida em que se encontra o seu cachorro Chihuahua. Lembre-se de que existem alimentos para filhotes, cães adultos, idosos e até para animais castrados.


Invista, também, em alimentos para cães de pequeno porte, pois eles são desenvolvidos considerando as necessidades nutricionais desses cãezinhos menores. Essa é uma boa maneira de evitar a obesidade e outros problemas de saúde decorrentes da oferta e ingestão de alimentos inadequados ao cão.
img

Personalidade e comportamento

O Chihuahua é um cachorro de porte pequeno ou mini, com coragem e ousadia de um cachorro gigante. Esse cãozinho pequenino não vai hesitar em latir, rosnar e até atacar outras pessoas e animais para proteger a si mesmo e aos seus tutores, mesmo que a ameaça esteja apenas na sua cabeça.


Por isso, é fundamental investir em uma boa socialização e adestramento do cão o quanto antes. Assim, ele vai aprender que é o tutor que está no comando, e que não há motivo para tanto estresse.


Fique muito atento aos sinais para que seu Chihuahua não se meta em confusões desproporcionais ao seu tamanho. Por via das dúvidas, sempre que achar que algo pode dar errado, corrija o cachorro com firmeza, mas sem agressividade, e retire-o da situação onde ele estiver.


Como adestrar um Chihuahua

O Chihuahua é um cachorro inteligente, com tendências a ter um comportamento dominante quando não é corretamente corrigido e ensinado. Além de ensiná-lo a não se envolver em situações que apresentem risco para a sua saúde e integridade física, é preciso fazer com que ele enxergue o tutor como líder - do contrário, pode se tornar um cachorro difícil de conviver.


Uma das principais dicas para adestrar um cão dessa raça é utilizar o condicionamento positivo. Ou seja, fazê-lo entender que, se fizer aquele comando, ganhará petiscos e guloseimas. Dessa forma ele irá associar a obediência a algo bom, e com o tempo vai entender o que fazer.


8 dicas de como adestrar o cachorro em casa - Blog da Cobasi

O cachorro Chihuahua late muito?

Sim, o Chihuahua é um cão que late bastante. Pode ser para alertar sobre alguma situação que ele considera arriscada ou mesmo durante uma brincadeira.. É possível contornar isso com treinamento e reforço positivo, mas requer muito comprometimento e dedicação do tutor.


Pode ser que esse cão traga bastante prejuízo em móveis e cortinas roídas, além de objetos quebrados. Existem duas maneiras bem eficazes de evitar isso: o adestramento é a primeira delas, pois é preciso ensinar ao cachorro o que você espera dele. A segunda maneira é usando a seu favor o tamanho diminuto do Chihuahua e levando ele com você sempre que for sair de casa.


img

O Chihuahua é um bom cachorro para crianças?

Por mais que seja pequeno e fofinho, o que sugere que seria o companheiro ideal para crianças, o Chihuahua é frágil demais para lidar com algumas brincadeiras infantis que podem machucá-lo, ainda que sem querer.


Por outro lado, lembre-se de que essa é uma raça territorialista, então o cão pode não ter muita paciência para determinados comportamentos infantis e acabar mordendo ou rosnando sem querer.

Qual o preço de um filhote de Chihuahua?

O preço de um pequeno Chihuahua pode variar de R$ 1 mil até R$ 9 mil reais. No geral, quanto menor for o cachorro, e quanto mais longos forem seus pelos, mais valorizado será o filhote.


Se você leu todas as informações do nosso guia e está convencido de que o Chihuahua é a raça de cachorro perfeita para você, faça uma boa pesquisa sobre os criadores antes de concluir o negócio. Faça perguntas sobre os pais dos filhotinhos, peça para ver fotos e vídeos de ninhadas anteriores, se possível, faça uma visita.


Conversar com outros tutores provenientes do mesmo criador que você está considerando é uma boa maneira de saber como é o dia a dia com esse peludinho e o que esperar de um Chihuahua em casa.


Voltar ao topo