Graminha para gatos

Ainda que pareça incomum, além dos cães, os felinos adoram comer grama. Essa prática se expandiu tanto que hoje são produzidas as graminhas para gatos e você pode encontrá-las aqui na Cobasi.Leia Mais

Considerando os benefícios que elas podem proporcionar para o animal, você pode plantar a grama para gatos, comprar mudas ou até mesmo sementes e cultivá-las em sua própria residência.

Essa é uma ótima opção para quem mora em apartamentos e não pode cultivar a planta em solo fixo. Para entender como funciona, continue a leitura.

Para que serve a graminha para gatos?

A grama para gatos tem um papel essencial para o bom funcionamento intestinal do seu gatinho. Visto que, uma das principais características felinas, é o costume de sempre se manter limpinho. Ou seja, é comum ver diversos auto banhos que eles tomam ao longo do dia.

Só que, infelizmente, essa prática pode ser muito nociva para os gatos. Enquanto eles se lambem, podem ingerir os pelos que se transformam em bolas no seu intestino. Com a quantidade elevada de fibras, a graminha para gato aumenta o fluxo intestinal do animal, eliminando as bolas de pelos.

Uma curiosidade, é que há indícios das graminhas para gatos também atuarem como vermífugos. Contudo, é importante consultar um veterinário que irá lhe indicar a quantidade correta.

Além de tudo, elas servem como petisco saudável que aumenta o bem-estar do pet, auxiliando até mesmo em seu comportamento e tornando-o menos agressivo e mais relaxado.

Qual a melhor graminha para gato?

Não existe uma fórmula perfeita de graminha de gato, o que existe são alguns cuidados que se devem tomar na cultivação da planta para maior proteção do seu gato.

Isso porque são encontrados alguns tipos que são inadequados para os animais, inclusive, podendo ser tóxicas. Pensando nesses cuidados, a Cobasi separou algumas dicas que podem te ajudar no momento de escolha, confira abaixo!

  • Priorize as graminhas próprias para gatos. Dessa forma, você saberá que o produto é saudável e atóxico, isentando qualquer dano na saúde do pet;
  • No caso das sementes que são vendidas para plantar a grama, também verifique a procedência dessas sementes. Se é recomendadas para gatos ou não;
  • As sementes para grama de gatos mais recomendadas são: aveia, trigo, milho de pipoca natural e azevém;
  • Certifique-se pela embalagem se a graminha para gato é livre de agrotóxicos, isso é muito importante;
  • Apesar de ser uma planta benéfica, não exagere no fornecimento para seu gato. Apenas deixe o vasinho à disposição do animal, que de modo instintivo, ele irá consumir a quantidade ideal;
  • Não precisa se assustar se o gato vomitar ao ingerir a grama, pois essa é a sua função no intestino do bichinho. No entanto, se os vômitos forem muito frequentes, você deve procurar ajuda veterinária;

Qual graminha para gato eu devo evitar?

As graminhas para gatos que são potencialmente tóxicas são as que possuem flores. Embora sejam muito bonitas, de forma alguma você deve oferecê-las ao felino. Além disso, é muito importante ter atenção às demais plantas do seu jardim, muitas delas podem intoxicar o seu gatinho até de forma irreversível.

Sempre que você for comprar ou plantar, tenha em mente que a grama do gato, deve ser natural, àquelas que você pode acompanhar o crescimento. Aqui na Cobasi, temos alguns exemplos que podem ser uma grande referência de qualidade, veja, a seguir.

Graminha Pet Pira

A graminha Pet Pira foi desenvolvida especificamente para ajudar no bom funcionamento digestivo e intestinal dos gatos. Ingerindo a grama, o sistema digestivo do animal é regulando, provocando a eliminação das temidas bolas de pelos.

A embalagem contém sementes gramíneas forrageias que atingem os padrões mínimos exigidos de pureza e germinação. Acondicionada em substrato inerte, as sementes possuem teor mínimo de umidade.

Para uma boa germinação, você deve armazená-los em local fresco. Com as condições ideais de umidade, luminosidade e temperatura as sementes serão germinadas, produzindo uma massa verde de forrageira. Além disso, são compostas de sais minerais, vitaminas e aminoácidos essenciais à saúde. Por fim, ainda é rica em fibras verdes que ajudam no bem-estar e na digestão do seu felino.

Como plantar graminhas para gatos?

Essa é uma técnica desenvolvida especialmente para quem mora em apartamentos e lugares fechados que não é possível ter um jardim. Entretanto serve para quem quer cultivar uma graminha para gatos específica.

A grama natural é simples de ser plantada, você precisa apenas das sementes escolhidas em uma terra adubada e molhar dia sim dia não até ela chegar a uma altura de três a quatro dedos.

Geralmente a grama para gato germina em torno de três dias. Dê preferência a um local onde o Sol aqueça para manter o vasinho úmido, não encharcado. Mantenha distante do felino nos primeiros dias, para que ele não cave.

O tempo de crescimento ideal para o gato consumir é de 10 a 15 dias. É importante que você fique em alerta ao tempo de validade da grama, pois, no momento que ela começar a ficar com cor amarelada, significa que deve ser trocada.

Algumas precauções sobre o consumo de graminha para gatos

Se o felino procura ingerir a graminha para gato em um ritmo acelerado durante o dia, é possível que ele esteja com algum desconforto estomacal mais grave, sendo obrigatória a visita ao veterinário.

Outro suposto motivo pelo qual ele esteja comendo grama constantemente é a falta de nutrientes. Dessa forma, você pode modificar a dieta do felino com rações para gato mais ricas em vitaminas.

Fechar

Grama Digestiva

Produtos encontrados: 13 Resultado da Pesquisa por: 7 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Produtos encontrados: 13 Resultado da Pesquisa por: 7 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Voltar ao topo

A Cobasi e os cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no nosso site.
Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.