Antiemético para cães

O antiemético para cães é um tipo de medicamento que ajuda os pets que estão enjoados ou vomitando a se recuperarem e se sentirem melhor mais rapidamente. A ação do medicamento pode ser tanto no estômago do cachorro quanto no sistema nervoso, e seu uso deve ser sempre prescrito pelo médico veterinário.Leia Mais

Se você tem um cãozinho em casa que frequentemente se sente nauseado ao andar de carro, por exemplo, mesmo nas viagens mais curtas, pode ser uma boa ideia conversar com o veterinário para pedir indicação de um antiemético para cachorro adequado ao caso dele.

Ao oferecer o medicamento antes das viagens, você evita que o cachorro fique nauseado e ele consegue se manter mais relaxado e tranquilo durante todo o passeio.

Vamos conversar mais sobre o medicamento e suas indicações de uso a seguir. Fique com a gente até o final da leitura!

Antiemético para cães: como saber se é hora de usar

Quando um cachorro está vomitando, ou prestes a vomitar, é natural que se acenda um sinal de alerta para o tutor indicando que algo não está como deveria. As causas podem ser muito diversas, então a conduta recomendada é sempre procurar o médico veterinário assim que for possível para investigar a fundo o que está acontecendo.

É fundamental observar o contexto em que o cachorro vomitou para dar ao profissional de saúde todas as informações que você tiver. Se o vômito aconteceu durante um passeio de carro, ou se o cachorro comeu a ração, ficou muito agitado e depois vomitou, é possível que as causas sejam distintas e, consequentemente, o tratamento também.

Quanto mais detalhes você der para o médico sobre o que aconteceu, melhores serão as chances de o medicamento prescrito ser certeiro para alcançar os resultados esperados.

A frequência dos enjoos e o tratamento adequado

Não é que os vômitos que acontecem esporadicamente devam ser ignorados. Tudo aquilo que foge ao normal deve ser observado com cuidado e atenção pelo tutor e relatado para que o médico veterinário faça um acompanhamento completo do cão.

Ainda assim, os casos em que o cachorro vomita com frequência precisam de uma atenção maior e mais rápida. Se o seu cachorro vomitar depois de todas as refeições, pode ser que ele tenha alergia a algum dos componentes do alimento, então é preciso verificar se é esse o caso e substituir a ração por outra.

Outra possibilidade para explicar os enjoos depois das refeições é a ingestão rápida demais e sem mastigação adequada da ração ou do petisco. Alguns cachorros comem muita quantidade de uma só vez, não conseguem mastigar e depois ficam entalados. Como é possível até sufocar em uma situação assim, o cão vomita para tentar se sentir melhor.

Nesse caso, o uso de um antiemético para cachorro pode até ajudar em uma ou outra ocasião, mas é preciso sanar a causa do problema que é recorrente. O uso de comedouros lentos pode ajudar o cão a comer com mais calma, mastigando entre uma porção e outra de alimento, e evitando que esses bolos compactos de ração se formem no seu esôfago.

Vômito acompanhado de outros sintomas

Quando, além de vomitar, o cãozinho apresenta outros sintomas de que está se sentindo mal, como diarreia, febre, prostração e dores no corpo, é preciso levá-lo o quanto antes a uma consulta de emergência com o veterinário.

Pode ser que o pet tenha se intoxicado com algum produto de limpeza inadequado e você não saiba, ou ainda que ele esteja com outro problema de saúde mais grave que só começou a se manifestar agora. Os vômitos nunca devem ser ignorados, assim como nenhuma outra mudança de comportamento no cachorro.

Se o seu companheiro peludo não está se sentindo bem, não espere. Procure ajuda! Na maioria das vezes, as doenças e distúrbios de saúde podem ser tratados e curados se forem descobertos precocemente.

Como oferecer antiemético para cães

Além dos casos em que o antiemético cachorro é indicado de maneira preventiva, como para os cães que enjoam frequentemente nas viagens, pode ser que o medicamento seja recomendado como parte de um tratamento de saúde mais amplo.

Algumas doenças requerem o uso de antibióticos que tendem a deixar o estômago dos cães mais sensível do que de costume. Pode ser que o antiemético para cães seja receitado como parte do protocolo de cuidados com o pet, para que ele se sinta melhor e tenha mais força e tranquilidade para se recuperar.

O fundamental é jamais oferecer medicamentos de qualquer natureza, mesmo aqueles adequados ao uso veterinário, sem recomendação médica.

Apenas o especialista pode indicar as doses certas para cada caso, a frequência com que devem ser oferecidas ao cão e a duração do tratamento para que surta o efeito esperado.

Como prevenir vômito em cachorro

Além dos casos que já citamos, em que o cão tem algum tipo de alergia alimentar, ou vomita pelo movimento do carro, outras causas comuns de vômitos em cães são as intoxicações por produtos inadequados a ele.

Os materiais de limpeza de uma casa onde vive um cachorro devem ser próprios para o uso veterinário, justamente para prevenir intoxicações. Algumas plantas também podem oferecer riscos aos cãezinhos, então é preciso pesquisar e ter certeza de que a espécie que você tem em casa não é perigosa para o seu peludo.

Evite oferecer a sua própria comida para o cachorro e tome cuidado para que ele não mexa na lixeira e pegue alguma coisa sem você perceber. Em caso de dúvida, procure sempre o médico veterinário.

Fechar

Antieméticos

Produtos encontrados: 4 Resultado da Pesquisa por: 5 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Produtos encontrados: 4 Resultado da Pesquisa por: 5 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Voltar ao topo

A Cobasi e os cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no nosso site.
Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.