Assinantes Cobasi ganham + 10% OFF em todo site. Eu quero!

Assinantes ganham + 10%OFF Clique!

Imagem-perfil-raca

American Bully: uma raça doce e poderosa

American Bully: saiba mais sobre a raça

O American Bully tem a aparência forte, poderosa e até intimidadora, mas é um cão doce e amável. Fiel, obediente e companheiro, é um excelente animal para a família. Seu porte musculoso dá o charme especial. Continue a leitura e conheça mais sobre esse fantástico cachorro.

Saiba Mais
Tamanho
Imagem-tamanho-raca

41 a 51cm

Peso

30 a 50kg

Pelagem

O American Bully possui pelo curto, espesso e brilhante. Pode ser encontrado em todas as cores e combinações.

Característica
  • Disposição para atividade

  • Respeito ao tutor

  • Intelecto e memória

  • Territorialismo

  • Amor ao tutor

  • Latido

  • Paciência com crianças

  • Receptividade com outros pets

Escolha produtos para seu pet

Clique na imagem abaixo para comprar

vtex coleção

American Bully: saiba mais sobre a raça

O American Bully tem a aparência forte, poderosa e até intimidadora, mas é um cão doce e amável. Fiel, obediente e companheiro, é um excelente animal para a família. Seu porte musculoso dá o charme especial. Continue a leitura e conheça mais sobre esse fantástico cachorro.

Como foi criada a raça Bully?

Criada nos Estados Unidos, o cachorro American Bully tem conquistado cada vez mais admiradores por seu porte poderoso e temperamento amigável. A raça Bully é uma derivação do American Pit Bull Terrier. Mais conhecido como Pitbull, a raça manteve seu padrão por mais de 100 anos e, nas ultimas décadas, ganhou uma variação mais musculosa e compacta: o Bully! A aparência dos Bullies é mais robusta por causa das influências do American Bulldog, do Bulldog Inglês e o Old English Bulldog. Seu comportamento e tipo físico o fazem ideais para guarda e companhia.

Apesar da raça ter se tornado muito popular, apenas a variedade Standard é registrada no United Kennel Club (UKC). As demais variações ainda não possuem formalização. O UKC foi fundado em 1898 e é o segundo mais antigo kennel clube americano. Ele reúne informações oficiais e características sobre as raças registradas. No Brasil, a Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC) é a entidade responsável por esses serviços.

Qual a diferença entre um Pitbull e um Bully?

O American Bully e o Pitbull são raças diferentes principalmente na parte física. Apesar do Bully ser derivado do American Pit Bull Terrier, suas diferenças físicas são notórias. O American Bully possui fortes influências de variedades de Bulldogues, sendo mais forte e robusto que o Pit bull.

A altura também evidencia a diferença entre essas duas raças de cães. Enquanto o Pitbull não ultrapassa os 48cm de altura, o American Bully pode ser mais alto, chegando aos 51cm em seu padrão Standard, o reconhecido oficialmente. Apesar das diferenças físicas, as duas raças são dóceis, carinhosas, divertidas e cheias de energia.

Características físicas

O American Bully possui a estrutura física musculosa e compacta. Apesar dos músculos bem definidos, é um cão ágil e atlético.

Apenas a variedade Standard é reconhecida oficialmente, mas ainda existem outros três tipos de American Bully: Classic, Pocket e XL.

Veja as diferenças:

American Bully Standard

O padrão reconhecido da raça é forte e compacto, respeitando a altura entre 41 e 51 centímetros. Seu peso acompanha proporcionalmente a altura. Um animal equilibrado e simétrico.

American Bully XL

O American Bully XL mantém a proporção corporal, mas é mais alto e forte que o Standard.

American Bully Classic

Apesar de manter a altura, o American Bully Classic é um pouco menos musculoso que o Standard.

American Bully Pocket

É menor em estatura e mais leve que o Standard. O American Bully Pocket é a menor variação da raça.

Sua cabeça é larga e grande, porém proporcional ao corpo robusto. As orelhas são altas e pequenas. Fora do Brasil é comum encontrar cães da raça American Bully com as orelhas cortadas. Aqui, a prática é considerada crime.

O Conselho Federal de Medicina Veterinária proíbe cirurgias consideradas desnecessárias como o corte da cauda, das orelhas e das cordas vocais. Cirurgias para fins meramente estéticos são consideradas mutilações e maus-tratos contra animais, enquadrando-se no artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais.

Imagem-raca-meio

Como cuidar de um American Bully?

Seu corpo musculoso exige atividades físicas intensas e alguns cuidados especiais para evitar que o animal ganhe peso ou se lesione. É necessário manter uma rotina de exercícios diária com passeios longos e intensos, além de muitas brincadeiras.

Mesmo que o cachorro faça as necessidades no

Mesmo que o cachorro faça as necessidades no tapete higiênico, os passeios diários são necessários para o animal se exercitar e também se distrair. É na rua que ele sentirá cheiros, verá gente e outros animais. Tendo a oportunidade de socializar, aprender e ter um dia mais interessante. Faça pelo menos um passeio longo por dia para seu Bully gastar energia, fortalecer os músculos e ter mais bem-estar.

O American Bully é um cachorro forte e precisa de coleira, peitoral e guia que suportem seu tamanho e arranque. Você também pode optar pelo peitoral anti-puxão que adestra e ainda torna o passeio mais agradável. Além disso, é fundamental o uso da placa de identificação. Fugas acontecem quando menos esperamos e a identificação com o telefone dos tutores é fundamental para auxiliar nesses casos.

Além de longas caminhadas, usar brinquedos para estimular a prática de exercícios faz bem para a saúde física e mental do seu Bully. Também é uma ótima oportunidade de interação entre tutor e cachorro.

Cordas e pneus

Cães fortes e brincalhões como o American Bully adoram jogos de puxar. As cordas e pneus são ótimas opções para essa modalidade de diversão. Sua mandíbula poderosa transformará a brincadeira em um desafio. Opte sempre por itens resistentes para evitar que o brinquedo se rompa e seu cãozinho engula pedaços.

Bolinha para cachorro

Brincar de bolinha é uma atividade que faz o animal se exercitar e ainda treina seu comportamento. Jogue a bolinha e, quando ele retornar, ofereça um petisco ou carinho em troca do brinquedo. Repita o treinamento até o animal entender que precisa soltar a bolinha e não resistir enquanto você tenta pegar.

Evite itens de plásticos muito frágeis, pois podem se romper e machucar o animal. Escolha sempre brinquedos de materiais resistentes, como Nylon e borracha e, na dúvida, supervisione seu American Bully durante a brincadeira.

Brinquedos interativos

Brincar com seu cãozinho é muito divertido e faz bem para vocês, mas também é importante que ele saiba se entreter sozinho. Os brinquedos interativos estimulam o raciocínio lógico, aliviam o estresse e divertem seu cãozinho.

Eles são ótimas opções para cães que ficam sozinhos em casa. Vão desde bolinhas com dispenser para petiscos e ração, até complexos jogos, que exigem lógica e evolução do animal.

Dica! Comece oferecendo bolinhas com dispenser e, com o aprendizado do animal, utilize brinquedos com maior nível de dificuldade. Faz bem para o corpo e para a mente do seu cãozinho!

Pelagem do American Bully

A pelagem curta dos Bullies não exige muitos cuidados, apenas escovações semanais com luvas para remoção de pelos e banhos periódicos com secagem completa. A escolha do shampoo pode ser de acordo com a coloração dos pelos. Durante o banho, aproveite para realizar a higiene bucal e dos ouvidos do seu Bully. Utilize sempre produtos específicos para essas finalidades.

O American Bully pode possuir algumas rugas em seu corpo. Para evitar alergias e fungos, é necessário que elas estejam sempre limpas e secas. Após o banho, utilize uma toalha para tirar o excesso de água. Finalize o processo com um secador de cabelos na temperatura morna. Evite banhos à noite e aproveite a hora mais quente do dia para garantir que seu Bully fique bem sequinho.

Aprenda a dar um banho de petshop sem sair de casa.

Vacinação anual do seu Bully

Uma vez ao ano seu American Bully deve receber a vacina V10 ou V8. Ela imuniza seu cãozinho contra cinomose, parvovirose, leptospirose e outras doenças graves. Também anualmente, ele deve ser vacinado com a Antirrábica, que protege contra a Raiva, uma enfermidade que pode ser transmitida para humanos. Mantenha a carteirinha de vacinação sempre atualizada!

Além das duas vacinas obrigatórias, alguns médicos veterinários possuem protocolos de vacinação que incluem a imunização contra gripes e verminoses. Faça o acompanhamento com seu veterinário de confiança.

Entenda porque a vacinar seu cãozinho todos os anos é tão importante.

Vermífugos e antipulgas

As vacinas são anuais, mas existem outros cuidados de saúde que você precisa ter com seu American Bully. O uso periódico de vermífugos , mantém seu animal livre de parasitas internos que podem ser contraídos na rua, nos alimentos e até dentro de casa. A dosagem e a frequência devem ser indicadas por um médico veterinário.

Você sabia que animais que vivem no litoral ou viajam mesmo que apenas uma vez, devem se proteger contra o verme do coração?! A doença é grave e transmitida através da picada de um mosquito. Vermífugos específicos e coleiras repelentes são indicadas para evitar essa perigosa doença.

As coleiras repelentes, assim como as pipetas, sprays e comprimidos, são opções de administração de antipulgas, carrapatos e mosquitos. Além do incômodo da coceira, esses parasitas podem ocasionar doenças graves. Mantenha seu animal sempre protegido.

Como cuidar de filhote de American Bully

Fofos, gordinhos e divertidos, os filhotes de American Bully são encantadores, mas exigem cuidados especiais. Eles também precisam de vermífugos e antipulgas, mas os medicamentos devem ser específicos para a idade do animal. Consulte sempre um médico veterinário e evite a intoxicação medicamentosa.

O protocolo de vacinação de cães com menos de 1 ano de vida também é diferenciado dos adultos. Veja abaixo a orientação:

60 dias de vida: primeira dose da vacina V10 ou V8

Entre 81 e 90 dias de vida: segunda dose da V10 ou V8

Entre 111 e 120 dias de vida: terceira dose da V10 e a dose única de Antirrábica

Atenção! Seu filhote pode passear na rua e ter contato com outros cães apenas após 10 dias da última dose das vacinas.

Além dos cuidados com a saúde, ao receber um filhote de American Bully em casa, você precisa de alguns itens. Fizemos uma lista com os produtos mais importantes para você cuidar do seu filhote de American Bully.

- Caminha para cachorro

- Comedouro e bebedouro

- Coleira e placa de identificação

- Peitoral ou coleira para passeio e guia

- Tapete higiênico

- Brinquedos

- Ração

- Petiscos e ossinhos

Ainda não escolheu o nome do seu pet? Confira nossa lista com mais de mil nomes para cachorro!

Qual a melhor ração para dar para o American Bully

O porte atlético do American Bully pode ser facilmente substituído por um animal com sobrepeso, caso não receba a alimentação adequada ou não pratique exercícios. Escolha sempre uma ração seca de qualidade e verifique a quantidade indicada na embalagem para a idade e o peso do seu animal. Cuidado, também, com os petiscos para cachorro e outros alimentos. Sempre leia o pacote e equilibre a alimentação do seu Bully.

O sobrepeso e a obesidade podem desencadear uma série de doenças no seu cãozinho. Entre elas, sobrecarregar as articulações gerando diversos problemas graves e dolorosos para ele. Verifique a alimentação mais adequada e a necessidade de suplementação com seu médico veterinário.

Tanto filhotes quanto American Bullies adultos precisam de uma alimentação diferenciada. Seu porte atlético exige cuidados com atividades físicas e também alimentação equilibrada. Você encontra uma grande variedade de A alimentos secos com proteínas de alta qualidade para seu cachorro manter o físico sempre saudável. Além disso, alguns alimentos possuem suplementos para reforçar a nutrição do seu Bully.

Descubra as vantagens da ração Super Premium

O American Bully é agressivo?

Você sabia que Bully significa valentão em inglês? O American Bully ganhou esse nome por causa da sua aparência, mas o temperamento não condiz com sua cara de mau. Apesar da aparência intimidadora, o American Bully é uma raça doce, gentil e muito companheira. Um cão amigável e ótimo para a família. O temperamento agressivo não faz parte de suas características!

O adestramento é uma ótima alternativa para melhorar ainda mais o comportamento e ter uma relação mais saudável com esse cãozinho.

Como adestrar um Bully

O American Bully é um cão inteligente, mas um pouco teimoso. Para adestrar esse cãozinho é necessário paciência e muita dedicação. O método do adestramento positivo é muito eficaz e trabalha com a repetição e a recompensa do comportamento adequado.

O jeitinho carinhoso e amável desse cãozinho faz com que carinhos sejam as recompensas perfeitas para o adestramento. Aposte também em petiscos e potencialize os resultados.

American Bully e criança

Apesar da cara de mau, o American Bully é um cãozinho leal, carinhoso e paciente. Isso o torna um bom cão para interagir com crianças. Crianças pequenas podem fazer brincadeiras mais bruscas, mas o corpo musculoso do Bully faz dele um animal resistente e que não se machuca tão fácil.

Apesar do seu temperamento amoroso, é sempre importante supervisionar as brincadeiras com crianças. E não é só os Bullies! Até a criança aprender como interagir com qualquer animal, é papel do adulto supervisionar e mediar a brincadeira.

Agora você já sabe mais sobre esse fantástico animal!

titulo 17

texto 17

titulo 18

texto 18

Voltar ao topo