Imagem-perfil-raca

Shih tzu: Extrovertido e Brincalhão

Shih Tzu: cuidados, origem e curiosidades

Esse cãozinho fofo é uma das principais raças para se ter em espaços pequenos, como um apartamento, por não precisar de muito espaço e nem de atividades físicas exageradas. E ah, ele adora uma companhia e entristece quando está sozinho. Venha descobrir mais sobre a raça Shih Tzu.Saiba Mais
Tamanho
Imagem-tamanho-raca

30 cm

Peso

6kg - 10kg

Pelagem

Os Shih Tzu possuem pelos longos no topo do corpo e pelos mais densos na parte debaixo, a variedade de cores de sua pelagem é extensa sendo os tons de preto, branco e marrom os mais comuns.

Característica
  • Disposição para atividade

  • Respeito ao tutor

  • Intelecto e memória

  • Territorialismo

  • Amor ao tutor

  • Latido

  • Paciência com crianças

  • Receptividade com outros pets

Escolha produtos para seu pet

Clique na imagem abaixo para comprar

vtex coleção

A origem do Shih Tzu

A raça Shih Tzu é muito antiga. Existem registros, como documentos e pinturas, datados de 624 antes de Cristo que retratam o animal. Segundo os especialistas, o Shih Tzu tem origem do Tibete, mas foi efetivamente desenvolvido na China, onde vivia como cão de companhia nos palácios imperiais.

Ao longo de quase toda a Dinastia Ming, a raça foi da família real. Quando a Revolução Comunista aconteceu, eles quase foram extintos, mas seu desenvolvimento foi recuperado a partir de cães importados para a Inglaterra.

Quais são os tipos de Shih Tzu

Alguns especialistas apontam dois tipos de Shih Tzu: o americano e o europeu. O primeiro é mais alto, mais estreito e com olhos menores. O segundo é mais baixo, tem o peito mais largo, os olhos são maiores e mais destacados.

Pelagem

O pelo exterior do pet é longo, denso e pode ser ligeiramente ondulado, mas não encaracolado. O subpelo está presente, mas de maneira moderada. A pelagem do Shih Tzu não deve afetar sua visão nem tampouco seus movimentos.

Todas as cores do Shih Tzu são aceitas: preto, branco, cinza, marrom, vermelho e malhado, que inclusive é o mais comum de ser encontrado. Uma manchinha branca na ponta da cauda e na testa também pode ocorrer.

Cuidados com a pelagem do Shih Tzu

A pelagem do Shih Tzu deve ser escovada diariamente, para evitar a formação de nós e emaranhados que machucam e são bastante incômodos para o cachorro. Os banhos precisam ser semanais e a tosa é uma boa opção para os tutores que preferem manter os cães com pelo mais curto.

Mesmo para os tutores que preferem o Shih Tzu com sua tradicional pelagem longa, a tosa higiênica é recomendada para manter o animal limpo durante mais tempo, além de afastar doenças.

Imagem-raca-meio

Como cuidar do Shih Tzu

O Shih Tzu é muito apegado à sua família. Portanto, não é um animal para ser criado em áreas externas nem ser deixado sozinho por longos períodos de tempo.

Seu focinho achatado faz com que ele tenha uma certa dificuldade para respirar, então as temperaturas extremas (tanto o frio, quanto o calor) e os exercícios físicos pesados não são recomendados para a raça Shih Tzu.

Esse é um pet muito companheiro e bastante receptivo a pessoas e animais, mesmo os que não conhece. Inteligente, independente e um pouco teimoso, o Shih Tzu tem tudo para agradar seu tutor, mas precisa ser ensinado desde cedo para compreender quais são as regras da casa e o que é esperado dele.

Uma característica da raça é a coprofagia, ou seja, o hábito de ingerir as próprias fezes. Essa atitude, que para nós é extremamente desagradável, tem várias causas possíveis e, mais importante, pode ser corrigida.

É preciso investir nessa correção desde cedo, contando com a ajuda e a orientação do médico veterinário, para evitar que a prática se consolide e o Shih Tzu faça isso por toda a sua vida.

Vacinação anual do Shih Tzu

O Shih Tzu, assim como qualquer outro cachorro, precisa ser vacinado anualmente para se manter protegido das principais doenças que acometem os cães e que podem até mesmo serem fatais para eles.

Cada médico veterinário tem autonomia para escolher sua conduta e definir o melhor cronograma de vacinação, mas, de maneira geral, a vacina múltipla (V8) e a polivalente (V10) são ministradas uma vez por ano nos cachorros adultos.

Há, ainda, a vacina contra a raiva, que é uma doença duplamente perigosa, pois além de ser gravíssima para o animal, também pode ser transmitida para seres humanos.

Existem outras vacinas que podem proteger o Shih Tzu desde quando é um filhotinho até a velhice. A melhor maneira de garantir essa proteção é levar o cãozinho para consultas de rotina com o médico veterinário. Aproveite esse momento para conversar com o profissional sobre a melhor maneira de cuidar do seu Shih Tzu.

Saiba mais sobre a importância de vacinar os cães todos os anos com o artigo que preparamos em nosso blog.

Vermífugos e antipulgas

Além das vacinas, da escovação dos pelos e dos dentes, é preciso proteger seu Shih Tzu de infestações por parasitas, como os vermes, as pulgas, os carrapatos e os ácaros.

A escolha do medicamento geralmente é feita com base no peso e na idade do cachorro, mas pode levar outros fatores em conta, como a quantidade de vezes que ele sai de casa por dia, por exemplo, e o seu convívio com outros animais.

A melhor maneira de definir um tratamento preventivo contra todos esses tipos de parasitas é conversando com o médico veterinário que faz o acompanhamento regular do animal.

Uma vez que o medicamento tenha sido escolhido, garanta que ele seja aplicado ou oferecido ao cãozinho nos prazos corretos, para manter seu Shih Tzu sempre protegido.

shih-tzu-saiba-tudo-sobre-a-raca-meio-2

Cuidados com os filhotes de Shih Tzu

Receber um filhotinho de Shih Tzu em casa é, sem dúvidas, um momento muito especial e emocionante. Esse serzinho tão pequeno vai depender totalmente dos seus cuidados, carinho e atenção até que esteja um pouquinho maior e mais forte.

Antes da chegada do filhote, certifique-se de que sua casa está preparada para ele. Além de determinar o local onde o cãozinho vai dormir, comer e fazer suas necessidades, separe um cantinho para deixá-lo mesmo quando estiver acordado, até que ele aprenda as regras da casa.

Alguns itens podem ajudar você a fazer uma boa adaptação do seu filhotinho de Shih Tzu. Confira:

  • caminha ou colchonete;
  • cobertores e almofadas;
  • comedouro e bebedouro;
  • coleira, placa de identificação e guia para os passeios;
  • caixa ou bolsa de transporte;
  • tapete higiênico e produtos de limpeza adequados ao uso veterinário;
  • ração e petiscos;
  • escova para desembaraçar e remover pelos mortos;
  • brinquedos.

Enquanto o pequeno Shih Tzu não fizer 12 meses completos de idade, opte por oferecer uma ração para filhotes a ele, seja seca ou úmida. Assim você garante a ingestão diária de nutrientes para que o cãozinho possa crescer e se desenvolver da melhor maneira possível.

Depois de um ano de idade, as necessidades nutricionais do cachorro mudam, então você deve trocar a ração para um alimento para cães adultos. Faça isso de maneira gradual, ao longo de pelo menos sete dias.

Vá aumentando aos poucos a ração de adulto e diminuindo a ração de filhote, até que o novo alimento se torne 100% do que é oferecido ao cão. Com relação aos passeios, a recomendação feita pelos veterinários é que o filhote só saia depois de ter recebido integralmente as vacinas obrigatórias. São elas:

  • 60 dias de vida: 1ª dose da vacina V10 ou V8;
  • Entre 81 e 90 dias de vida: 2ª dose da V10 ou V8;
  • Entre 111 e 120 dias de vida: 3ª dose da V10 e a dose única da antirrábica.

Enquanto seu Shih Tzu não tiver concluído essa fase inicial de vacinações, faça as visitas ao médico veterinário com ele dentro de uma bolsa ou caixa de transporte, evitando seu contato com o chão e com outros animais.

Cerca de 10 dias depois da última vacina é provável que o veterinário libere o Shih Tzu para fazer seu primeiro passeio, mas é sempre importante confirmar essas informações com o profissional escolhido para acompanhar a saúde do seu cãozinho.

Como alimentar um filhote de Shih Tzu

Os cachorrinhos são desmamados entre 6 e 8 semanas de vida, e logo depois começam a se alimentar com ração. Você pode oferecer ração seca ou úmida para o seu pequeno Shih Tzu, mas certifique-se de que sejam produtos específicos para filhotes.

Com relação à quantidade diária, a indicação que consta na embalagem é uma boa referência para você saber quanta comida o filhote precisa ingerir.

Pegue a quantidade total e distribua em 4 ou 5 refeições para evitar que o filhotinho desenvolva crises de hipoglicemia, que são causadas pelo desequilíbrio nos níveis de glicose no sangue. Esse é um problema sério que pode até mesmo matar o filhote, então fique atento.

A oferta de petiscos para filhotes é permitida mas, assim como deve ser feito na idade adulta, ela deve ser moderada. Não ofereça alimentos de consumo humano para o seu Shih Tzu e mantenha água limpa e fresca sempre à disposição do cachorrinho.

Qual a melhor ração para Shih Tzu

Escolha sempre alimentos de qualidade, indicados para a fase da vida em que se encontra o seu Shih Tzu. Lembre-se de que existem alimentos para filhotes, cães adultos, idosos e até para animais castrados.

Existem, também, alimentos desenvolvidos especialmente para os cães da raça. Essas rações são preparadas levando em consideração as necessidades nutricionais específicas do Shih Tzu. Essa é uma boa maneira de evitar a obesidade e outros problemas de saúde decorrentes da oferta e ingestão de alimentos inadequados ao cão.

shih-tzu-saiba-tudo-sobre-a-raca-meio-3

Personalidade e comportamento do Shih Tzu

Como dissemos, o Shih Tzu é apaixonado pela sua família. Isso faz com que ele seja muito companheiro, dedicado a estar perto dos seus tutores em todos os momentos possíveis.

Se, por um lado, isso é ótimo e muito agradável, por outro é preciso tomar cuidado para que o cãozinho não desenvolva ansiedade de separação.

A ansiedade de separação faz com que o período em que o cão está sozinho em casa e longe dos tutores seja muito difícil para ele, o que geralmente se manifesta em latidos excessivos e comportamento destrutivo.

A maneira mais eficaz de prevenir e combater esses comportamentos indesejados é com o adestramento, o mais cedo possível.

Como adestrar um Shih Tzu

O Shih Tzu tem traços de independência e teimosia que precisam ser observados quando seu adestramento for feito. O reforço positivo é uma excelente maneira de ensinar ao Shih Tzu que coisas boas acontecem quando ele age conforme o esperado, seja um carinho, uma palavra de encorajamento ou até um petisco.

Adestramento punitivo, com ações ou palavras, não deve ser aplicado a nenhum cachorro, e com o Shih Tzu não é diferente.'. Line 3, position 127.-->

O Shih Tzu late muito?

O Shih Tzu não é um cão de guarda, mas pode ser um cão de alerta. Por isso, ele pode latir para sinalizar que algo diferente está acontecendo, mesmo que não seja necessariamente algo perigoso.

Os latidos podem se tornar excessivos caso o Shih Tzu não esteja fazendo atividades físicas suficientes ou se estiver passando tempo demais sozinho.

shih-tzu-saiba-tudo-sobre-a-raca-meio-4

O Shih Tzu vai destruir a casa?

Provavelmente, não. O Shih Tzu é bastante tranquilo, mas precisa ter suas necessidades de atenção, carinho e exercícios diários supridas.

O Shih Tzu é um bom cachorro para crianças?

Esse cãozinho se dá bem com todo mundo. As crianças vão adorar um companheiro de aventuras que topa todos os desafios se puder ficar perto dos seus tutores. Recomendamos apenas que essas interações sejam supervisionadas para evitar que o cãozinho ou as crianças se machuquem sem querer.

Qual o preço de um filhote de Shih Tzu

O preço do Shih Tzu pode variar de R$ 1 mil até R$ 6 mil reais. Se você leu todas as informações do nosso guia e está convencido de que essa é a raça de cachorro perfeita para você, faça uma boa pesquisa sobre os criadores antes de concluir o negócio.

Conversar com outros tutores de Shih Tzu provenientes do mesmo criador que você está considerando é uma boa maneira de saber como é o dia a dia com esse peludinho e o que esperar de pet desta raça em casa.

Voltar ao topo