Cicatrizantes para cachorro

Os cicatrizantes para cachorro são indicados para diferentes casos, que vão desde o tratamento de feridas e machucados diversos no corpo como os cuidados após uma cirurgia, por exemplo.Leia Mais

Por se tratar de um medicamento, é fundamental que seu uso seja recomendado por um médico veterinário. Além das considerações sobre a frequência das aplicações e a duração do tratamento, o especialista pode dar, também, algumas dicas sobre como cuidar dos machucados com pomadas para feridas em cachorro ou medicamentos líquidos e em spray.

Cicatrizantes para cachorro: o que saber antes de usar

Os cicatrizantes para cachorro ajudam muito a manter o seu cão protegido de fungos, bactérias e larvas de moscas enquanto a lesão não fecha completamente. Isso é importantíssimo para manter a região sob controle, e principalmente para que o problema não se agrave ou espalhe para outras partes do corpo.

Considerando que as feridas podem ter origens diferentes, a escolha dos cicatrizantes mais adequados varia de acordo com cada situação. Dentre as causas mais frequentes que tornam o uso de pomadas para feridas em cachorro necessário, podemos citar: reação à picada de insetos, incluindo parasitas como pulgas e carrapatos; lambidas excessivas, que podem acontecer por coceira, tédio, estresse e alergias diversas; inúmeras doenças, como a leishmaniose; acidentes, com arranhões ou perfuração etc.

Cada um desses casos precisa ser avaliado em conjunto com o estado geral de saúde do pet, pois pode ser preciso tratar outros sintomas além dos machucados.

Como identificar feridas no corpo do cachorro

Assim como qualquer outra situação anormal na saúde dos cães, a melhor maneira de diagnosticar precocemente é pela combinação das consultas regulares com o médico veterinário de confiança com a observação atenta e o acompanhamento bem próximo do tutor.

Um cachorro que sai para passear, toma banhos regulares, tem seus pelos escovados e recebe carinho e atenção do tutor todos os dias tem muito mais chances de ser ajudado rapidamente do que um pet que passa o tempo todo sozinho e quase não interage com a família.

Durante um momento de carinho, por exemplo, você pode observar machucadinhos na pele do cachorro e prestar atenção em outros sintomas a partir daí. Os tutores que conhecem bem os seus cães conseguem perceber mais facilmente quando há uma mudança de comportamento, o que também ajuda muito no tratamento.

Aproveite os momentos de tranquilidade do seu cachorro para fazer checagens no seu corpo. Afaste os pelos e observe com atenção se há machucados, arranhões, vermelhidão ou outras anomalias na pele. Não esqueça de olhar entre os dedos, dentro das orelhas e sob a cauda.

Caso encontre algo diferente do normal, procure o médico veterinário assim que for possível. Não espere, pois algo que é simples de tratar pode se tornar um problema grave se for deixado de lado.

Como tratar das feridas no corpo do cachorro

Uma vez que você perceba machucados na pele do seu cão, há uma série de cuidados a se tomar antes mesmo de aplicar os cicatrizantes para cachorro. O primeiro passo é limpar o local para manter a lesão higienizada e protegida de parasitas.

Para isso, faça uma boa lavagem das mãos e utilize luvas descartáveis para não contaminar o cão com alguma sujeirinha que esteja debaixo das suas unhas, por exemplo.

Em seguida, você pode aplicar um antisséptico no local da ferida ou lavar a ferida com o shampoo, sabonete ou sabão neutro de uso natural do cachorro, e água corrente. Aqui, o melhor é avaliar o estado do cachorro e a receptividade dele a esse cuidado. Se a ferida for profunda e dolorosa, a chance de ele não reagir bem à lavagem é maior.

Verifique o que é possível fazer com segurança, para você e para o cachorro, e da melhor maneira possível. Respeite os limites do cachorro e lembre-se: se for utilizar algum tipo de material para limpeza do local, prefira a gaze, que não solta fiapos, em vez do algodão, que pode ficar grudado na ferida e tornar a situação pior.

Como prevenir a piora das feridas

Não faça curativos oclusivos, ou seja, do tipo que tampam a ferida, a não ser que o médico veterinário faça essa recomendação. Em alguns casos, o melhor é deixar o local arejado para que a infecção não piore, mas só quem pode fazer essa indicação é o profissional de saúde.

As lesões abertas, mesmo após aplicação das pomadas para feridas de cachorro, podem requerer proteção para evitar infestação por larvas de moscas, por exemplo, e também para que o cãozinho não queira lamber ou coçar o local. O repelente de insetos é uma boa indicação nesses casos.

Para proteger a ferida existem algumas outras alternativas. Pode ser que o veterinário recomende os curativos, uma roupa cirúrgica ou o uso do colar elizabetano, que frequentemente é chamado, também, de cone. Se uma ou mais dessas medidas forem indicadas, siga as orientações do veterinário a respeito do tratamento para que o cachorro se recupere o quanto antes.

Como aplicar pomadas para feridas de cachorro

Além da higiene das mãos e do uso de luvas descartáveis, que já mencionamos anteriormente, você pode verificar com o médico veterinário a melhor maneira de fazer a aplicação das pomadas para feridas em cachorro.

Em alguns casos, quando a pele já está mais fechada, essa aplicação pode ser feita com seus próprios dedos. Em outros, pode ser necessário usar um acessório, como uma pequena espátula ou aplicador.

Por mais que pareça uma boa ideia, por ser algo delicado, o uso de cotonetes não é indicado pela grande probabilidade de deixar pequenos pedaços de algodão para trás. Depois que a pomada secar, esses fiapos de algodão precisarão ser removidos, o que pode ser bastante doloroso para o cão.

Fechar

Cicatrizantes

Produtos encontrados: 18 Resultado da Pesquisa por: 6 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Produtos encontrados: 18 Resultado da Pesquisa por: 6 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Voltar ao topo

A Cobasi e os cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no nosso site.
Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.