Anticoncepcional para cachorro: como e quando usar

O uso de anticoncepcional para cachorro é uma das maneiras de evitar a reprodução indesejada e de controlar a geração das ninhadas. No entanto, se usado de forma errada oferece muitos riscos. Assim como qualquer outro medicamento, seu uso só pode ser iniciado após a orientação do médico veterinário que faz acompanhamento das cadelas, pois assim é possível evitar uma série de problemas de saúde.Leia Mais

O que é anticoncepcional para cachorro

O anticoncepcional para cachorro pode ser oferecido para as cadelas em forma de comprimido ou como medicamentos injetáveis. No caso da injeção para cachorro não engravidar, a recomendação é solicitar apoio do médico veterinário, buscar um pet shop, clínica ou hospital veterinário com profissionais qualificados para realizar o procedimento.

Isso é necessário, pois a cadelinha pode se assustar com a agulha, tentar fugir e acabar se machucando. Para evitar que isso aconteça, é melhor que ao menos duas pessoas participem da administração da injeção: enquanto uma segura firmemente o corpo do cãozinho, a outra injeta o medicamento.

Riscos do uso de anticoncepcional para cachorro

Assim como todo tipo de medicamento, os anticoncepcionais podem provocar efeitos colaterais nos organismos das cadelas. O principal, e mais comum deles, é a chamada piometra, uma infecção uterina associada ao uso indiscriminado do remédio.

A piometra é uma doença muito grave que pode levar à morte. No caso da chamada piometra aberta, há presença de secreção purulenta que indica aos tutores que algo não está bem com a cadela. Mas, no caso da piometra fechada, a cadela pode ficar muito tempo doente sem que o tutor perceba, até que haja rompimento do útero e a morte do pet.

Outro problema grave da utilização de anticoncepcionais para cachorro sem acompanhamento do veterinário é o aborto nos casos em que a cadela estava gestante sem conhecimento do tutor.

Nesses casos, pode acontecer de o feto ficar totalmente retido, provocando uma série de problemas de saúde para a cadelinha, ou que sejam apenas parcialmente expelidos, o que oferece grandes riscos à saúde também.

Efeitos colaterais do anticoncepcional para cadela

Além da piometra, o anticoncepcional para cachorro pode provocar câncer de mama. É claro que qualquer animal está sujeito a isso, assim como os seres humanos, e não somente aqueles que usam o medicamento.

Mas o que se vê é um aumento significativo na incidência de casos de neoplasia mamária (o câncer de mama) nos casos das cadelas que utilizam anticoncepcional durante longos períodos, principalmente quando não há acompanhamento próximo do tutor.

Um tutor atento, que tem contato com seus cães, troca afeto, carinho, brinca e leva para passear tem muito mais chances de notar mudanças de comportamento na cadela, e até mudanças físicas.

Durante um carinho na barriga, por exemplo, é possível perceber os nódulos nas mamas e levar o pet para uma consulta veterinária o quanto antes. Quando o tutor não é próximo dos seus cães, isso é muito mais difícil de acontecer.

Alternativas ao uso do anticoncepcional para cachorro

Não é que o anticoncepcional não deva ser utilizado, mas é preciso ter ciência dos prós e contras de cada caso para decidir ou não pela sua utilização. E, como sempre dizemos aqui, apenas o médico veterinário que acompanha a cadelinha pode dar essa orientação com segurança.

Existe uma maneira segura de evitar a reprodução indesejada e não planejada dos cães: a castração. Além de ser um procedimento seguro, a castração é simples, segura e pode ser feita tanto nas fêmeas quanto nos machos.

Ela exige alguns exames prévios antes da cirurgia em si e cuidados depois que o procedimento é realizado, para garantir que a cadela se recupere bem e sem traumas. É possível fazer a castração tanto na rede particular de atendimento veterinário, quanto na rede pública.

Existem, inclusive, instituições por todo o país que fazem a castração gratuitamente ou com valores acessíveis, para que todos tenham a oportunidade de levar seus pets. Além das ONGs, as prefeituras costumam disponibilizar o serviço mediante cadastro.

Reprodução indesejada e abandono de animais

Infelizmente, são muito comuns as ocasiões em que a cadela grávida é abandonada pela família porque os tutores não querem ou não podem arcar com os custos de cuidar dos filhotes. Por isso, é preciso agir de maneira preventiva sempre que for possível.

Se você tem uma cadelinha e não sabe se deve investir no uso do anticoncepcional para cadela ou na castração, converse com o médico veterinário o quanto antes. Caso você esteja com uma fêmea filhote em casa, informe-se antes mesmo que o primeiro cio dela aconteça.

A maior parte das fêmeas tem de um a dois cios por ano, mas a quantidade de filhotinhos gerados varia muito. Há ninhadas que geram até onze ou doze filhotes, e outras resultam em um ou dois filhotinhos, e todos eles devem ser tratados com carinho e respeito.

Se você não quer que a sua cadelinha tenha filhotes, planeje qual será a sua abordagem com relação ao assunto. Não espere acontecer, pois o abandono e os maus-tratos a animais se configuram como crime.

Posse responsável de animais

A posse responsável vai muito além de garantir ração, caminha e brinquedos para o seu cão. Ela também passa por garantia de tratamentos adequados para a saúde do animal, interações afetuosas com o tutor e tudo aquilo que envolve o bem-estar do animal.

Não esqueça que, mesmo no caso dos filhotes adotados gratuitamente, haverá uma série de custos e compras mensais em torno das necessidades do cãozinho. Ainda que você não pague por ele, vai precisar investir no seu cuidado ao longo da vida, então tenha isso em mente ao se comprometer.

Fechar

Anticoncepcionais

Produtos encontrados: 3 Resultado da Pesquisa por: 5 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Produtos encontrados: 3 Resultado da Pesquisa por: 5 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Voltar ao topo

A Cobasi e os cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no nosso site.
Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.