TopoCategoria-SubCategoria
TopoCategoria-SubCategoriaMobile

Antiestressantes para gatos

Inteligentes e extremamente perceptivos, os gatos são animais bastante sensíveis. Controladores, esses animais têm um pouco de dificuldade de adaptação a novidades e mudanças, o que favorece o desenvolvimento de quadros patológicos de estresse que podem levar ao desenvolvimento de diversos problemas comportamentais e até mesmo fisiológicos. Por isso, os antiestressantes para gatos são tão úteis. Leia Mais

Situações que envolvem alterações no ambiente e causam ansiedade, medo ou frustração, contribuem para o surgimento de estresse nos gatos, já que eles são animais de hábitos rígidos que prezam pela estabilidade e conforto.

Diferente dos seres humanos, os gatos não conseguem se comunicar e muito menos explicar os motivos das mudanças comportamentais. Por isso, para saber se seu animal está sofrendo com o estresse, é importante observar os sinais. O seu gato tem agido de maneira estranha? Ele está urinando fora da caixa de areia? Tem estado com menos apetite? Está se lambendo com mais frequência do que o habitual? Ele se esconde quando toca a campainha ou age com cautela e fica incomodado com familiares e vistas? Todos esses comportamentos podem ser sinais de que o seu animal está estressado.

Causas de estresse em gatos

As principais causas do estresse felino podem ser tanto físicas quanto ambientais e variam desde alterações que geram desconforto, como o surgimento de pulgas, carrapatos e verminoses, até simples mudanças na rotina do animal, como a troca de comedouro, do tipo de ração ou de areia sanitária. A falta de conhecimento dos tutores sobre o comportamento da espécie e quais ambientes são adequados aos felinos também pode ter grande impacto nos níveis de estresse desses animais.

Os sintomas do estresse felino podem variar muito de caso a caso. Apatia, coceira intensa, falhas e quedas de pelos, vômito, diarreias, miados altos e prolongados, agressividade e infecções recorrentes podem ser ocasionadas por situações contínuas de estresse.  Quadros de estresse também podem ter influência direta no desencadeamento de doenças do trato urinário, como a Síndrome de Pandora (cistite idiopática felina). Por isso é fundamental buscar tratamento adequado quando perceber que seu gato pode estar sofrendo com o estresse felino. Além de levá-lo o quanto antes ao veterinário para o diagnóstico de alterações clínicas, é importante descobrir a causa primária do estresse para melhorar a qualidade de vida do bichano.

Quando usar Antiestressantes para gatos

Para ajudar a tratar o estresse e acalmar o seu gato, existem no mercado diversos tipos de produtos antiestressantes feitos especificamente para felinos. Sprays e difusores feitos com o análogo sintético do feromônio facial felino F3 ajudam a diminuir significativamente os níveis de estresse dos gatos em situações adversas. Indicados para dar segurança e tranquilidade ao seu amigo, principalmente sob situações adversas do dia a dia do animal, tais produtos têm função de auxiliar na adaptação dos felinos às mudanças necessárias, liberando uma substância que é espécie-específico, ou seja, apenas os felinos conseguem detectar.Outra opção são os antiestressantes produzidos a partir do catnip, planta que tem efeitos diferentes em cada gato e pode ser uma boa forma de manter o animal mais calmo e feliz durante algum tempo. Popularmente conhecida como erva-do-gato, a catnip é da família da hortelã, e geralmente desencadeia reações agradáveis para o seu gatinho, ao liberar um cheiro que a maioria dos felinos adora. Esse tipo de produto pode ser borrifado em diversos brinquedos e arranhadores para ajudar no processo de adaptação do felino à casa, e aos móveis que ele deve ou não arranhar.

Existem também opções de tratamentos naturais, feitos com compostos como óleo de camomila ou lavanda, entre outros, que têm ação terapêutica e eficácia comprovada. Tais produtos ajudam a promover equilíbrio comportamental, reduzindo a agressividade e acalmando os felinos em situações que geram estresse.

Para decidir que tipo de produto é o mais indicado para o seu gato, é fundamental conversar com o seu veterinário em busca de orientação. Além de entender as causas do quadro, é preciso verificar como vai a saúde do animal e que reações ele pode ter a determinados produtos. Lembre-se, tanto para prevenir quanto para tratar quadros de estresse em felinos, além dos antiestressantes é fundamental que você dê atenção e carinho ao seu gato, além de sempre brincar com ele e garantir um ambiente equilibrado para o seu amigo. É importante ressaltar que os gatos são diferentes uns dos outros. É preciso ficar atento às preferências e hábitos específicos do seu gatinho para poder identificar alterações e apoiá-lo sempre que ele precisar.

Fechar

Anti Estressante Gato

Produtos encontrados: 8 Resultado da Pesquisa por: 4 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Produtos encontrados: 8 Resultado da Pesquisa por: 4 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Voltar ao topo

A Cobasi e os cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no nosso site.
Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.