TopoCategoria-SubCategoria
TopoCategoria-SubCategoriaMobile

Cinto de segurança para cachorros

Seja para simples passeios, viagens de férias ou para idas ao veterinário, é comum que cachorros precisem andar de carro com os tutores com uma certa frequência. O cinto de segurança para cachorros é um acessório que garante que seu amigo fique seguro nesse tipo de transporte durante todo o trajeto, independente da distância. Além de evitar que o animal fique se movimentando muito e tire sua atenção no trânsito enquanto você dirige, o acessório ainda previne acidentes com o animal, que pode se desequilibrar e se machucar caso você precise frear o carro repentinamente ou desviar de outro veículo bruscamente, por exemplo. Leia Mais

Por que usar cinto para cachorro?

Levar seu pet para passear de carro é muito legal, mas a segurança precisa estar em primeiro lugar! O cinto de segurança para cachorro ou adaptador de cinto de segurança é um acessório que impede que o pet ande pelo carro tirando a atenção do condutor e o protege em caso de colisões.

Além de tornar a viagem mais segura, o acessório também garante que o condutor respeite as leis de trânsito.

O uso de cinto de segurança para cachorros é obrigatório?

Além de ser fundamental para garantir a integridade física do seu animal, o uso do cinto de segurança para cachorro evita que você tenha dores de cabeça e seja multado, já que dirigir com um pet sem proteção pode ser considerado infração de trânsito pela legislação vigente. Apesar de não existir uma lei que torne obrigatório o uso de cintos de segurança caninos, transportar animais soltos no automóvel pode resultar em situações de punição de até 5 pontos na carteira e multa de até R$ 195,23.

De acordo com o Artigo 235 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a condução de animais nas partes externas do veículo é considerada infração grave. Ou seja: nada de dirigir com o pet com a cabeça ou o corpo para fora! Também não é permitido dirigir um veículo transportando pessoas, animais ou qualquer volume a sua esquerda ou entre os braços e pernas, o que significa que um motorista não pode nunca ficar com seu animal no colo enquanto estiver ao volante. O motivo é claro. Isso pode atrapalhar sua concentração e causar um acidente. E convenhamos, com o animal livre dentro do carro, é bem possível que ele queira pular no colo do tutor, certo?

Para o caso de o animal apenas estar andando pelo carro e tirando a atenção do condutor, mesmo sem subir em seu colo, também cabe, pelo Artigo 169 do CTB, multa de R$ 53,20 e punição de 3 pontos na carteira.

Para ajudar os tutores de cachorro a evitarem multas e acidentes de trânsito, a indústria de acessórios para pets criou os cintos de segurança próprios para cães e gatos, que além de protegerem os animais em caso de colisão, ainda evitam que eles fujam do veículo. Aqui no nosso site, você encontra uma grande variedade de modelos de cintos de segurança que garantem o bem-estar do seu animal e oferecem tranquilidade aos motoristas que precisam transportar seus pets.

Como funciona o cinto de segurança para cachorro?

Normalmente, o cinto de segurança para cachorros é engatado na coleira peitoral do animal e no encaixe do cinto de segurança do veículo. O ajuste ideal do cinto de segurança para cães é o que permite que ele deite, fique confortável e se movimente em distâncias curtas, que não possibilitem o acesso ao banco da frente. Vale ressaltar que a utilização do cinto para cachorro engatado na coleira de pescoço não é indicada porque há riscos de estrangulamento do animal em caso de freadas bruscas e acidentes.

 

Como usar o cinto de segurança para cachorros?

Engatar o cinto de segurança para cachorros na coleira peitoral e no cinto do veículo é uma tarefa bastante simples, que não requer grandes explicações. Porém, para evitar o estresse de animais que não estão acostumados com o acessório é importante submetê-lo a um processo de adaptação. Comece prendendo o cachorro no cinto de segurança com o carro desligado. Quando ele tentar tirar o acessório, faça carinho e o acalme para que ele entenda que não está acontecendo nada de ruim. Depois tente dar voltas curtas de carro para que o animal se adapte ao uso do cinto de segurança e use petiscos para premiá-lo por bom comportamento. A associação do uso do acessório com reforços positivos ajudará a fazer com que ele se acostume e se sinta bem usando-o. 

Vale lembrar que o cinto de segurança para cachorro pode ser usado por animais de qualquer tamanho já que eles são feitos para garantir que os animais estejam seguros e confortáveis durante o trajeto. Em caso de viagens mais longas, é importante fazer paradas a cada duas ou três horas para que seu amigo possa esticar as patinhas, andar livremente e fazer as necessidades.

Fechar

Adaptador Cinto de Segurança Cachorro

Produtos encontrados: 309 Resultado da Pesquisa por: 6 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Produtos encontrados: 309 Resultado da Pesquisa por: 6 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Voltar ao topo

A Cobasi e os cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no nosso site.
Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.