TopoCategoria-SubCategoria
TopoCategoria-SubCategoriaMobile

Comedouros e bebedouros

Existem inúmeros modelos de comedouros e bebedouros para cachorro dentre os quais você pode escolher. Além do tamanho do pet, é preciso considerar outros aspectos, como hábitos alimentares, frequência das refeições e até a durabilidade.

Vamos falar um pouco mais sobre esses acessórios para cães, para que possa escolher aqueles que mais combinam com você e seu amigo peludo.Leia Mais

Comedouros e bebedouros: o que saber antes de comprar

A escolha do comedouro de cachorro pode até parecer estar ligada apenas ao porte do animal, mas há vários outros aspectos envolvidos. Se o cãozinho é do tipo que faz mais de duas refeições por dia, se passa longos períodos sozinho, se possui tendência a desenvolver torção gástrica… tudo deve influenciar na sua escolha.

Por isso, antes de considerar se a capacidade do comedouro escolhido está adequada ao tamanho do seu cão, pergunte-se o seguinte: Quantas refeições por dia seu cachorro faz? Você está em casa nos horários em que seu cachorro se alimenta? Seu cão come com tranquilidade ou tende a comer rápido demais? Seu cachorro derruba a comida no chão?

Com essas respostas em mãos, comece a avaliar as características dos tipos de comedouro de cachorro.

A escolha do bebedouro para cachorro segue a mesma lógica. Tenha em mente que seu cão precisa ter acesso à água limpa e fresca constantemente, mesmo quando você não estiver em casa.

Tipos de comedouro de cachorro

O tamanho do comedouro para cachorro pode variar de acordo com o porte do animal, mas não necessariamente os cães de porte grande ou gigante terão comedouros maiores.

Se o seu cachorro tiver tendência à chamada torção gástrica, por exemplo, a quantidade recomendada para ingestão diária deve ser dividida em porções menores, em vez de uma ou duas grandes refeições.

Esse distúrbio acontece em casos nos quais a alimentação é feita de maneira rápida demais, sem mastigação adequada, seguida de uma torção do estômago sobre si mesmo. A situação é muito grave e pode ser fatal caso o cão não seja socorrido a tempo, então é preciso bastante atenção.

Por isso, um comedouro pequeno é o bastante e pode até ajudar a medir a quantidade de alimento ingerido pelo cão a cada refeição. O material de que são feitos os comedouros e bebedouros também influencia no desempenho do acessório.

O bebedouro de cachorro feito de cerâmica ou de ferro é mais pesado e impede que o conteúdo do recipiente seja entornado no chão. Essa é uma ótima vantagem para os tutores de cães que estão em processo de adestramento ou que são mais estabanados mesmo.

Já os comedouros feitos de alumínio e plástico são mais leves e podem facilmente ser derrubados com um simples esbarrão. A durabilidade do comedouro de plástico não é das maiores, especialmente caso você esteja lidando com um filhote na fase da troca dos dentes.

A higiene é um fator muito importante quando falamos de comedouros e bebedouros. Manter os acessórios livres de restos de alimentos, que podem proliferar facilmente fungos e bactérias e atrair insetos, é imprescindível.

Nesse sentido, o comedouro de cachorro de inox e o de cerâmica são os mais fáceis de limpar e não retém restos de comida.

Existem modelos duplos em que você coloca os comedouros e bebedouros lado a lado. Eles são ideais para os tutores com mais de um pet e que querem promover a alimentação conjunta deles. Isso, é claro, só deve ser feito se os cães estiverem tranquilos, para evitar brigas e confusão em torno da comida.

Comedouro para cachorro automático

O comedouro para cachorro automático é excelente para os tutores que não estão em casa por períodos longos, especialmente no momento das refeições do cachorro, ou que querem tornar a alimentação dos seus peludos mais prática.

Esse acessório pode ser do tipo eletrônico, ou seja, o tutor programa a liberação de uma quantidade determinada de alimento, em horários específicos, ou do tipo mecânico, que vai liberando mais alimento conforme o que já tiver sido disponibilizado na base do comedouro a ser consumido.

A praticidade desse modelo de comedouro de cachorro é inegável, mas é preciso conhecer bem o seu pet para optar por um desses. No caso dos cães mais gulosos, um comedouro para cachorro automático, do tipo mecânico, pode fazer com que o bichinho coma além da conta.

Os cães que se alimentam com muita voracidade podem se beneficiar dos comedouros lentos. Como possuem reentrâncias, as bolinhas da ração precisam ser apreendidas pelo cão quase uma a uma, o que torna a sua ingestão muito mais pausada.

Bebedouro para cães

De maneira geral, o tamanho do bebedouro para cães pode ser igual ou maior do que o do comedouro. Para manter-se bem hidratado em todas as épocas do ano e ao longo de todo o dia, é preciso que ele tenha acesso à água limpa, fresca e a todo momento.

Os bebedouros de cerâmica, como dissemos, são mais pesados e difíceis de serem entornados. Alguns modelos de metal revestido também são bastante difíceis de virar, o que pode ser ideal para cães que adoram deitar no molhado e viram sua água de propósito, por exemplo.

Escolha um modelo de bebedouro canino que não enferruje e não fique com marcas de dentes ou unhas, pois é possível que ali se acumule limo por ficar constantemente molhado. Não deixe de lavar o bebedouro para cachorro pelo menos uma vez por dia, usando água corrente e uma escova própria, para remover restos de alimentos.

Onde colocar os comedouros e bebedouros

A escolha do modelo mais adequado de bebedouro e comedouro de cachorro é quase tão importante quanto a definição de onde será o local destinado às refeições do seu pet.

Isso porque a alimentação deve acontecer o mais distante possível do local onde o cachorro dorme ou descansa, e ainda mais longe de onde faz suas necessidades fisiológicas.

Você pode optar pelo tapete higiênico, pelo sanitário com grama sintética ou mesmo pelo jornal. O fundamental é que não haja nenhum tipo de contato entre o banheiro do seu cão e o local onde ele se alimenta para evitar a contaminação da comida.

Idealmente, o cachorro também não deve levar alimentos para a caminha, cobertor ou casinha onde dorme, pois o risco de a comida apodrecer e ser tomada por fungos e bactérias é muito grande. Além dos riscos para a saúde do cão, há também o mau cheiro, que pode incomodar bastante especialmente nos casos em que o pet fica no interior.

Para saber mais sobre o que considerar antes de comprar os comedouros e bebedouros dos seus pets, acesse o nosso blog.

Fechar

Automáticos

Produtos encontrados: 2 Resultado da Pesquisa por: 25 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Produtos encontrados: 2 Resultado da Pesquisa por: 25 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Voltar ao topo

A Cobasi e os cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no nosso site.
Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.