Marca

Alvorada (5)
Dog Lar (1)
Pet Flex (9)
Sao Benedito (12)

Cor

Amarelo (3)
Azul (38)
Branco (1)
Cinza (6)

Porte

Raças Minis (89)
Raças Pequenas (94)
Raças Médias (85)
Raças Grandes (78)

Idade

Filhote (87)
Adulto (91)
Sênior (86)

Raças de Cachorro

Boxer (2)
Bulldog (2)
Dachshund (2)
Golden Retriever (2)

Guia para cachorro

A guia para cachorro é um dos principais acessórios para garantir uma experiência segura, saudável e prazerosa ao lado do seu cachorro durante os passeios na rua e prática de adestramento.

Escolher uma guia para cão adequada ao seu peludo não só é necessário para evitar fugas, acidentes e lesões provocadas por um tamanho errado, por exemplo, como também para corrigir comportamentos indesejados e reforçar aqueles que são bons e esperados por você.

Confira a seguir os diferentes tipos de guia que você encontra no site, no app e nas lojas físicas da Cobasi, as características de cada uma delas e como escolher a que melhor atende às necessidades do seu pet.

Guia para cachorro: o que considerar antes de escolher

A escolha da melhor guia de cachorro para o seu cão deve considerar alguns aspectos fundamentais. O tamanho do pet, para que o acessório não fique apertado nem grande demais, é apenas o primeiro deles.

Uma coleira para pitbull, por exemplo, não deve necessariamente ser do tipo peitoral, a não ser que o peludo já esteja totalmente adaptado aos passeios na rua, e caminhe ao seu lado. Isso porque esse modelo favorece a tração, e pode incentivar ainda mais os cachorros que arrastam seus donos numa tentativa de liderar a caminhada.

Para esse comportamento, inclusive, é recomendada a coleira anti-puxão, que foi desenvolvida de modo a mudar a direção do corpo do cachorro, fazendo com que ele seja deslocado para o lado. Assim, aos poucos e com bastante prática, ele vai compreender que a chave de um bom passeio está em caminhar juntos, e que não há necessidade de arrastar.

Tipos de guia de cão

Como dissemos, existem diversos tipos de guia para cachorro. Cada uma delas possui um objetivo e uma função específica, e é preciso conciliar isso com as necessidades do pet e do tutor para obter bons resultados.

Por exemplo, as guias mais curtas ajudam o cachorro a se manter próximo ao dono, em situações em que ele ainda não está pronto para socializar tranquilamente com outras pessoas e animais.

Já as guias de controle contribuem para o adestramento do pet no sentido de indicar a direção a seguir e mostrar, na prática, que o tutor é o líder, e não o cachorro. Para escolher o modelo ideal, observe bem o seu pet, seus hábitos, sua personalidade, e converse com o médico veterinário, ele pode dar boas dicas para você.

Guia para cachorro grande, médio e pequeno

A guia simples para cachorro, feita de nylon, couro ou corda, é o tipo mais comum. É recomendada para animais que já estão adestrados a ponto de se comportarem adequadamente durante os passeios na rua e que não possuem nenhuma necessidade comportamental específica.

As guias feitas de nylon geralmente são mais utilizadas para cães de raças pequenas, embora possam ser utilizadas por cães de todos os portes. Já as guias para cachorro grande mais comuns costumam ser feitas de couro ou corda. Por serem mais pesadas, podem sobrecarregar um cãozinho de peso corporal mais baixo.

Coleira peitoral para cachorro

O peitoral pet pode ser a escolha ideal em algumas situações distintas. Por exemplo, cães muito pequenos e magrinhos que podem escapulir por uma coleira tradicional, cachorros com tendência a alergia de contato na pele do pescoço, que pode ser mais sensível a alguns materiais com que as coleiras são produzidas e muito mais.

A peiteira para cachorro tem, basicamente, dois modelos. Um deles possui a argola onde a guia é conectada na parte superior, posicionada no dorso do cão. Esse modelo é recomendado para pets que já estão habituados a caminhar ao lado de seus tutores, sem puxar ou arrastar, e sem oferecer qualquer risco a outras pessoas e animais.

Já a guia anti-puxão fica conectada em uma argola na parte de baixo do corpo do cachorro. Desse modo, quando o pet tenta arrastar o tutor, seu corpo é redirecionado para as laterais, desestimulando a necessidade de puxar.

É comum haver o equívoco de que esse é melhor tipo de coleira de pitbull, coleira para american bully, coleira para husky siberiano e coleiras para rottweiler. Na verdade, o que vai indicar o modelo mais adequado de coleira para cachorro peitoral é a personalidade e o comportamento do cachorro, e não sua raça.

Para essa regra geral há, no entanto, algumas exceções: as raças que possuem nariz achatado podem ter mais dificuldade para respirar, e por isso podem se beneficiar diretamente do modelo peitoral. Por isso, quando pensar em coleira para bulldog francês ou inglês e pug, por exemplo, não esqueça de levar isso em conta.

Guia retrátil

Esse modelo, também conhecido como guia para cachorro pequeno, guia longa para cachorro ou guia flexível, é ótimo para os cães que gostam de um pouco mais de liberdade e espaço para explorar durante os passeios.

Com ela, é possível permitir que o cão vá até um pouco mais longe sem que esteja totalmente desconectado do tutor. Pode ser utilizada em praças, parques e outras áreas abertas.

O cuidado fica por conta de locais onde há trânsito, pois o pet pode correr em direção aos carros antes que o tutor consiga fazer alguma coisa. Também é preciso ter critério ao utilizá-la com o seu pet, pois se ele não estiver muito bem socializado e responder prontamente aos comandos do tutor, pode causar problemas.

Antes de adotar esse modelo de guia, tenha certeza absoluta de que o seu pet já sabe passear corretamente. Cuidado com outros animais, pessoas, crianças e elementos que possam assustar o pet e provocar uma reação repentina nele.

Guia de metal

Indicada para os tutores de filhotes ou cães adultos que têm o hábito de roer, é um modelo seguro e duradouro. Indicada também para cachorros grandes e fortes, pois oferece resistência extra.

Guia mãos livres

Indicada para os tutores que querem praticar esportes com seus pets enquanto permanecem com as mãos livres. Pode ser presa ao cinto ou ao cós da calça, por exemplo, e mantém o pet a uma distância regular do dono.

Guia de enforcamento, enforcador ou enforcadeira

Pode até não parecer, mas o enforcador não oferece riscos ao cachorro. No entanto, seu uso somente é recomendado quando houver acompanhamento por um adestrador profissional, para que a utilização seja correta e eficaz.

Qual a melhor coleira e guia para cachorro

Existem muitas coleiras pet, e a escolha da que mais se adapta ao seu pet precisa ser feita por você, em parceria com o médico veterinário. De nada adianta, por exemplo, você investir em uma coleira para pitbull grossa, contando que ela por si só irá frear qualquer comportamento inadequado do cão. É preciso ensiná-lo.

Opte sempre por produtos de boa qualidade, resistentes e duradouros, além de adequados ao porte e força física do pet. A personalidade e temperamento do cachorro também devem ser levados em consideração.

Na Cobasi você encontra todo tipo de produto para cuidar bem do seu pet e da sua casa. Conheça!

Ordenar por:

Mais vendido
    Siga a Cobasi nas redes sociais
  • Rede Social Facebook
  • Rede Social Instagram
  • Rede Social Youtube
  • Rede Social Twitter

Baixe nosso aplicativo

Baixe na App Store
Baixe na Google Play
Formas de pagamento:Visa, MasterCard, Diners Club, American Express; Boleto bancário; Elo e Apple Pay.
* As promoções, parcerias e descontos contidos em nosso site não são cumulativos. Diante de duas ou mais promoções, será necessário optar por aquela que melhor lhe convém, isentando a Cobasi de qualquer responsabilidade nesse sentido. Preços e condições de pagamento exclusivos para compras via internet, podendo variar nas lojas físicas. Todas as regras e promoções são válidas apenas para produtos vendidos e entregues pela Cobasi. Em caso de divergência de valores no site, o valor válido é o do carrinho de compras.
COMPRA SEGURA. A Cobasi garante segurança para suas informações pessoais e financeiras.
Copyright 2021. Todos os direitos reservados à Cobasi.
Selo